Publicidade
Publicidade

Hoje em dia, falar com alguém via Whatsapp parece ser mais simples e intuitivo do que telefonar. Desde que nos habituamos a conversar com nossos colegas, amigos e familiares por meio de mensagens e emojis, não conseguimos mais imaginar como eram nossas vidas antes dos smartphones e dos aplicativos de mensagens instantâneas.

Para os mais jovens, ou para aqueles que estão mais familiarizados com a tecnologia, não existe nada mais prático e eficiente do que conversar com alguém por meio de mensagens de texto. Mas, para os mais velhos, ou para aqueles que não têm o costume de utilizar este tipo de tecnologia, a tentativa de comunicar-se por meio do Whatsapp pode se tornar uma verdadeira saga cheia de pequenos obstáculos a serem vencidos.

Publicidade

A primeira vez dessa avó no Whatsapp mostra que nem todos nós concordamos que esta nova forma de comunicação é, de fato, a mais prática e eficiente.

Tudo começou...

...quando Dona Luzia tenta mandar uma mensagem ao seu neto Marlon para contar que seu avô está ''consertando'' a televisão. Gente como a gente, Dona Luzia acabou ''trolada'' pelo corretor ortográfico do smartphone. Dona Luzia percebe que não disse aquilo que esperava dizer e tenta consertar o mal entendido. Depois de ser novamente passada para trás pelo smartphone, Dona Luzia concluiu que o aparelho está com algum problema.

Como toda boa avó...

...Dona Luzia está sempre preocupada com os hábitos alimentares de seu netinho.

Publicidade

Ao questionar se o neto não precisa comer mais para prevenir uma anemia, esta zelosa avó acaba aconselhando o neto a comer algo um tanto estranho, arrancando risadas do rapaz. Dona Luzia até tenta consertar o erro, mais uma vez, mas sem sucesso.

Até que ela começa a ficar frustrada com a nova forma de comunicação...

...já que nada do que ela tenta dizer sai como o previsto. Pobre Dona Luzia! Esta avó inconformada com as novas tecnologias e já pensa até em voltar a recorrer às boas e velhas cartas. Também, este celular não é ''nenhuma Brastemp''.

E a frustração fica pior...

...quando a senhora descobre que a Brastemp não fabrica celulares. Mais uma vez, ela faz o que as avós fazem de melhor: falar em comida. E ainda aconselha o neto a levar agasalho para sua reunião de trabalho.

Publicidade

E não é só com o Whatsapp que Dona Luzia está tendo problemas...

...a vovó quer baixar um jogo para se divertir com seu celular, mas parece não saber como fazer isso e pede ajuda ao neto.

Mas o que são estes tais de ''ícones'', afinal?

...''come antes''. Como não amar as avós?

''Vou mandar carta''

Por fim, esta avó concluiu que seria melhor voltar a utilizar meios de comunicação menos complexos.

''Pode lavar?''

Não, vó, por favor, não lave o celular!!

Após as mensagens viralizarem nas redes sociais, o neto Marlon Corrente, que vive no Texas, nos Estados Unidos, comentou que recebeu muitas mensagens elogiando a espontaneidade da conversa, e que estava tentando ensinar para avó todos os ''macetes'' do smartphone, na intenção de que ela ficasse agradecida e feliz. Marlon ainda complementou com uma frase que segundo ele, ouve da avó Luzia desde pequeno: ''O mundo precisa ser mais simples, Marlon. Vai comer.''

Já Dona Luzia, ao saber que sua primeira vez no Whatsapp já tinha mais de 14 mil curtidas e 33 mil compartilhamentos, declarou:

#Família #Curiosidades #Humor