As #pessoas amam julgar as publicações feitas pelos outros nas redes sociais. O site especializado em tecnologia 'The Next Web' publicou um artigo que explica que no Facebook, mesmo que algumas publicações, postagens, e imagens ofendam aos usuários, mesmo assim, ainda continuam conectado estas pessoas.

Facebook tem 2 bilhões de usuários

O #Facebook anunciou que tem aproximadamente mais de 2 bilhões de usuários conectados mensalmente na plataforma. Este número de pessoas é maior que a população da China, Estados Unidos, México e Japão juntos.

Influência e popularidade que trazem experiências que se alternam entre o viciante e o irritante, como categorizam os especialistas.

Publicidade
Publicidade

Mark Zuckerburg

O CEO da #Rede Social mais acessada do planeta, Facebook, diz que o intuito da plataforma é dar às pessoas a oportunidade para fortalecer relacionamentos, ou seja, construir comunidades e aproximar o mundo.

Julgar silenciosamente

A pesquisa que reuniu mais de 100 pessoas que foram entrevistas e analisadas pelos pesquisadores trouxe revelações interessantes.

Os pesquisadores Caroline Tagg e Philip Seargeant descobriram nestas entrevistas que os usuários gostam de julgar seus colegas e amigos silenciosamente, mesmo discordando das opiniões, em vez de cortar a amizade ou até desafiá-los para confrontar as ideias.

Segundo a pesquisa, o que o Facebook porporciona é o dinamismo entre as relações humanas. Tanto na realidade virtual ou a off-line as pessoas buscam se relacionar abrindo suas particularidades e lidando com emoções e sentimentos contrários aos seus valores.

Publicidade

Uma das coisas que foram mais identificadas foi o grande número de pessoas que diziam que foram ou se sentiram ofendidas com o que seus amigos postaram.

O que mais ofende

Um dos faores que a pesquisa identificou que mais ofende outras pessoas são as opiniões envolvendo política de forma extrema que são trazidas de forma convicta como (racísmo, homofobia e visões partidárias que envolve a política).

Outra forma de post que incomoda são os compartilhamentos exagerados da rotina e ações de auto-promoção de forma ilimitada.

Por que isso acontece?

A diversidade de opiniões que o Facebook proporciona é um dos motivos. Em sua rede de amigos existem pessoas de diferentes épocas da vida e lugares que conviveu reunidas em um mesmo espaço.

No Facebook o que você publica e compartilha não é possível identificar quem realmente vai ler. No entanto, é possível prever que são diversas pessoas que você incluiu e que possuem uma variedade de valores e crenças que são diferentes da sua.

Quando a conversa é presencial a impressão é totalmente diferente do que todos em comum visualizam, ou seja, todos veem o mesmo lado que você expoe.

Publicidade

Mas o que isso significa?

Simplesmente que muitas pessoas estão envolvidas em conversas em um espaço mais amplo e mais público do que antigamente e por conta disso, diferentes valores de amigos podem entrar em conflito.

Não consiste em apenas se libertar da pessoa que acha irritante ou ofensivas, é possível apenas alterar cofigurações discretas em suas contas limitando as visualizações que acham mais ofensivas em seu feed de notícias.

Desta forma continua na rede de pessoas, no entanto, sem demonstrar externamente sua rejeição e gerar conflitos. É por isso que as pessoas não saem do Facebook, existe o prazer do julgamento por trás da leitura do que você não gosta.