Publicidade
Publicidade

É comum que atletas, ou outras pessoas a pedido da polícia e da justiça precisem comprovar por qualquer motivo que tem a presença de algum tipo de drogas no #organismo, através do exame toxicológico.

Para quem ainda não sabe, esse exame tem o poder de provar que a pessoa fez o uso de substâncias químicas ilícitas ou não, pois muitas delas podem ser diagnosticadas por meio do cabelo, exame de sangue e até mesmo pela urina.

O que muitas pessoas não sabem é que mesmo depois de fazer o uso dessas substancias ilícitas, e o efeito já ter passado, o corpo leva bem mais #Tempo para se livrar delas, a maneira em que a absorção acontece, passando pelos pulmões, pela corrente sanguínea e também pelo trato digestivo faz com que seja possível diagnosticar essas substâncias no corpo alguns dias depois.

Publicidade

Para que todo o corpo fique livre das #drogas que foram usadas é preciso que ele passe por processos longos de limpeza, e só aí os vestígios dessas substâncias conseguirão ser eliminadas por meio da urina, suor e fezes.

Esses processos costumam ser demorado devida as moléculas do corpo, pois as mesmas precisam ser solúveis e metabolizadas em água.

Mas como deixam o organismo?

O responsável por todo esse procedimento do organismo é o fígado, pois ele contém várias enzimas que facilitam todo esse processo, depois da metabolização, as moléculas da droga que são não polares, ou seja, essas que não conseguem de dissolver completamente na água, ficam ionizadas por se tornarem negativas, deixando o fígado sossegado.

Quando essas substâncias conseguem se diluir completamente na água, automaticamente elas acabam voltando para a corrente sanguínea e são direcionadas para os rins, que têm o poder de filtrar o sangue e encaminhar as substâncias que não servem para a urina.

Publicidade

É por esse motivo que os exames de sangue e urina conseguem diagnosticar se a pessoa fez o uso de drogas ou não, porém esse processo pode levar tempo.

Tudo pode depender do tipo de droga, algumas delas conseguem passar por esse procedimento mais rápido do que as outras, isso pode variar também de acordo com a ação dela no organismo e a sua quantidade e concentração.

Veja o tempo que cada substância demora para sair do corpo:

  • Álcool:

Urina: 3 a 5 dias

Sangue: 10 a 12 horas

  • Anfetaminas

Urina: 1 a 3 dias

Sangue: Cerca de 12 horas

  • Maconha

Urina: 7 a 30 dias

Sangue: 7 a 15 dias

  • Cocaína

Urina: 3 a 4 dias

Sangue: 1 a 2 dias

  • Heroína

Urina: 3 a 4 dias

Sangue: Até 12 horas

  • LDS

Urina: 1 a 3 dias

Sangue: 2 a 3 horas

Cabelo: até 3 dias

  • Ecstasy

Urina: 3 a 4 dias

De sangue: 1 a 2 dias

  • Metanfetamina

Urina: 3 a 6 dias

De sangue: 24 a 36 horas

Além da urina e no sangue elas podem permanecer no cabelo até 90 dias com exceção do LSD.