Na maior parte do tempo, o sofá é apenas um produto doméstico, usado pelas pessoas para repousar o corpo. Enfim, ele é um objeto inanimado sem vontade própria. Porém, uma loja de móveis no município de Waco, Texas (EUA [VIDEO]), lar de um suposto ‘sofá assombrado’, atrai turistas de todas as regiões, curiosos para conhecer a famosa mercadoria.

De acordo com o proprietário do estabelecimento, Colton Burch, o velho objeto foi deixado na loja há dez anos, por um cliente assustado com as atividades paranormais [VIDEO] em sua casa, após a chegada da inusitada peça.

Em depoimento à emissora texana KWTX, na quinta-feira (6), Burch confidenciou o fato dele e dos funcionários terem sentido pavor com a presença do emblemático utensílio.

Publicidade
Publicidade

"Todo mundo aqui estava basicamente com medo, e tive um sentimento estranho ao [me sentar nele]", disse Burch – veja a manchete.

Segundo a KWTX, que acompanha a bizarra história do sinistro sofá desde 2007, o antigo proprietário revelou o motivo de querer se livrar do objeto. Na época, o sujeito (nome não revelado) disse que ele emitia um forte cheiro de enxofre por toda a residência.

Também destacou que após a chegada do sofá, emblemáticos fenômenos ocorriam na cozinha. Ainda salientou problemas com os telefones móveis. “As portas dos armários de cozinha estavam abrindo sozinhas, e os sinais de celular apagavam quando alguém se aproximava do sofá”, frisou a reportagem.

Publicidade

Atividades na loja

Apesar de mudar de endereço, o sofá continuou com a velha mania de assombrar o ambiente ao redor. Conforme o dono da loja, Colton Burch, a primeira anomalia constatada no estabelecimento teve relação com o doador do objeto.

Segundo ele, as informações do antigo proprietário, que estavam no sistema de informática da loja, foram apagadas. Até hoje, ninguém sabe como isso aconteceu. "Eu não sei se era uma falha do computador, ou se foi o sofá", comentou Burch.

Além disso, dois funcionários se envolveram em acidentes, após sentarem no sofá.Todavia, outros aspectos macabros também foram constatados no objeto: marcas de sangue e um possível buraco de bala, na parte de trás da estrutura.

“Os proprietários da loja disseram que os caçadores de fantasmas testaram e confirmaram que a mancha era sangue. Eles também disseram que um buraco na parte de trás do sofá poderia ser de uma bala, mas ninguém sabe a história completa do sofá”, informou o jornalista Nestor Montoya.

Para Judy Gindrhet, que foi ao estabelecimento conhecer o objeto, ele é amaldiçoado pelo diabo. "Nada me assusta. Minha fé é o Senhor e não um fantasma ou o diabo. Eu sei e tenho certeza de que esse é o trabalho de Satanás", afirmou. #Bizarro #Curiosidades #Viral