Publicidade
Publicidade

Eng Kheng, um homem do Camboja, teve sua vida mudada por uma cirurgia histórica. Ele tinha sua boca fechada, pela dimensão de um #Tumor gigante, que inflamava toda sua boca. Suas imagens após a cirurgia são incríveis, e provam como sua vida mudou de um momento para o outro. Foram 30 anos de agonia, com esse tumor, que o médico australiano que fez a cirurgia descreveu como "o maior" que alguma vez havia visto.

Para Kheng, esse tumor sempre foi um problema, que o médico Andrew Cheng, da Austrália, viu como um desafio histórico. Ele nunca havia visto um tumor assim, e assim que ouviu falar desse caso, ele não teve dúvidas que precisava fazer alguma coisa, por esse homem.

Publicidade

Médico na Austrália, com clínica em Adelaide, Andrew Cheng ouviu falar do caso incrível de Kheng através de uma instituição de caridade com a qual ele trabalha no Camboja e decidiu que queria ajudar. "Eu nunca vi nada assim antes. Eu acho que ninguém em todo o mundo tenha visto algo tão grande", disse Cheng, em declarações ao jornal Daily Mail. Perante o tamanho desse desafio, Cheng viajou para a aldeia, onde o homem vivia, quando já sabia, pelos exames realizados, que esse tumor não era maligno. De acordo com o médico, o homem sofreu de um crescimento exagerado no tamanho de suas gengivas, uma condição rara chamada Hiperplasia Gengival.

Por culpa desse síndrome, Kheng foi adaptando sua vida, especialmente sobre a comida, uma vez que ele não era capaz de ingerir qualquer alimento. Sua dieta era feita à base de líquidos, ou arroz bem cozido, macarrão, sopa.

Publicidade

Apesar da dureza dessas imagens, o homem não sentia dificuldades para respirar.

Primeiramente, eles ensaiaram o procedimento no irmão de Kheng, que sofria da mesma condição, mas seu caso era muito menos grave. "Nós realizamos a cirurgia e obtivemos bons resultados", revelou o médico que quis fazer essa cirurgia no Camboja, para que os #Médicos locais pudessem aprender essas técnicas.

Porém, como o caso de Kheng era tão grave e seu crescimento era tão grande, eles não tiveram outra chance do que levá-lo até Adelaide. eles temeram que ele morresse durante a cirurgia e não assumiram o risco, levando-o até a Austrália. A operação foi um sucesso completo e Kheng está completamente irreconhecível. Apesar de algumas cicatrizes ao redor de sua boca, quase não existem marcas da cirurgia, nem do passado de Kheng.

Após a cirurgia, ele ficou morando em um mosteiro, convidado por monges locais, que ficaram sensibilizados com esse caso. Assim, ele pode se recuperar em um ambiente familiar, até poder regressar para o Camboja.

Veja as fotos do antes de depois de Kheng:

#Saúde