Publicidade
Publicidade

A proposta está sendo apresentada por um revendedor de brinquedos sexuais, a LoveHoney, e promete clonar, na perfeição, o membro sexual do homem. O produto está sendo mais indicado para aquelas mulheres as quais o marido passa mais tempo fora de casa, em viagem ou trabalho. Assim, esse produto pode custar perto dos 1500 reais e consiste em clonar o próprio pênis do marido, um objeto que pode ser feito em casa e que depois serve como um brinquedo sexual.

De acordo com a marca, esse vibrador ganha dos outros que estão no mercado, pois cumpre com as semelhanças do órgão sexual em específico. Supostamente, o #clone será mesmo igual ao pênis clonado e terá uma bateria recarregável, que permite que ele vibre.

Publicidade

As informações no site da Lovehoney mostram um kit, que não é muito caro, que permite que se clone o pênis do homem, de uma forma bastante simples e bem acessível. A marca aponta várias possibilidades para casais que queiram fazer essa clonagem, mas é a facilidade do kit que está conquistando mais pessoas. Supostamente, por 30 libras, ou seja, um valor aproximado de 120 reais, o kit traz "tudo o que você precisa" para conseguir fazer um molde de silicone, baseado na imagem real do próprio pênis. Como principais características, o site anuncia uma unidade vibradora, que seria "completamente segura para o corpo e que não é alérgena".

Como característica mais negativa, os fabricantes notaram que o brinquedo não será compatível com arnês, ou seja, não poderá ser utilizado com aqueles cintos, permitindo sua utilização por lésbicas.

Publicidade

Mas como funciona o kit?

Segundo a marca, o kit é muito fácil de utilizar. Consiste em um pó que vai fazer o molde do pênis. Esse pó é feito de algas, não provoca alergias, mas captura cada detalhe do órgão sexual masculino, daí ficar tão real quanto a marca promete. Depois do molde ficar pronto, a pessoa apenas terá que misturar com o silicone e inserir no vibrador, para que ele fique ajustado e tal qual o real.

Depois, o #brinquedo terá que ser carregado com pilhas, para funcionar como um vibrador. Feitas as contas, com a plataforma vibratória incluída, esse vibrador custaria perto dos 1500 reais, o que, de acordo com a marca, está longe de ser um dos mais caros do mercado, que tem como principal característica ser personalizado.

De acordo com o jornal The Sun, o vibrador mais caro do mercado é banhado a ouro, mas eles nem se atrevem em referir o valor. No outro extremo da escala, existem vibradores que custam somente uns quatro reais e são da marca Poundland. #Mulher