O momento de uma gestação representa uma das passagens mais felizes da vida de um casal. Geralmente, as pessoas aguardam ansiosas pela chegada dos herdeiros, e, por isso, a descoberta da gravidez é anunciada com alegria.

Mas infelizmente não foi com alegria que Kate e Adam receberam a notícia da gravidez. Embora o casal estivesse muito ansioso para saber mais detalhes sobre a gestação, durante um exame de rotina eles descobriram que a gravidez sofria um problema raro, que representava um risco iminente de aborto espontâneo.

Tudo aconteceu logo depois que ela soube que estava grávidas, quando ficaram extremamente felizes.

Publicidade
Publicidade

Mas durante um ultrassom, o médico deu a péssima notícia aos pais. O mais chocante, no entanto, é que o profissional da saúde também indicou que os dois não contassem sobre a gestação para outras pessoas, pois provavelmente ela não chegaria até o nascimento.

Os #Médicos anunciaram que a gravidez de Kate era de gêmeos, o que deixaria o casal ainda mais feliz, mas, em seguida, ele constatou que tratava-se de um caso de gêmeos monoamnióticos.

Isso significa que os bebês não tinham nenhuma membrana divisória entre eles, o que compromete o cordão umbilical de ambos, que é a única fonte de vida dos bebês. Então, o médico os alertou sobre os grandes riscos de um aborto espontâneo.

Casal decidiu não desistir da gravidez, mesmo diante da triste notícia

Mesmo com esse anúncio dramático a respeito da gestação de risco, o casal decidiu não desistir dos filhos e não desanimar com o momento.

Publicidade

Eles, então, fizeram o que muitas pessoas fariam e partiram em busca de um novo médico que pudesse demonstrar mais apoio.

Felizmente, eles encontraram um profissional disposto a levar a gestação adiante e que apoiou a decisão dos dois de seguirem firmes celebrando a gravidez de Kate.

Começou um intenso acompanhamento e a luta incessante da mãe dos bebês pelas suas vidas. O grande risco [VIDEO] é que os bebês poderiam comprimir o cordão, comprometendo a passagem de sangue, alimentos e nutrientes, já que os dois fetos estavam muito próximos um do outro, sem nada que os pudesse separar.

Logo Kate e o marido descobriram que se tratava de duas garotinhas e começaram a preparar o enxoval para os bebês. Contrariando todas as expectativas, os bebês nasceram saudáveis na 32° semana de gestação.

A mãe passou por uma delicada cirurgia, que foi acompanhada por uma equipe médica especializada. O parto foi muito bem assistido pelo médico que estava acompanhando a gestação de Kate.

As duas garotas nasceram saudáveis e se tornaram grandes amigas. A foto abaixo mostra as duas garotas. Kate coleciona uma série de fotos das filhas, que provam que nunca devemos desistir de um sonho, por mais impossível que ele pareça.

#gravidez Eliana