Publicidade
Publicidade

O sexo é algo que faz parte da vida das pessoas. Por isso, muitos cientistas dedicam suas vidas a falar desse assunto. Eles fazem de tudo para manter metas e pesquisas que ajudem casais a não entrarem em neuroses e também evitarem doenças sexualmente transmissíveis. Sim, por mais prevenção que haja durante o ato sexual e que o casal não tenha outros parceiros, existem muitas doenças que podem ser passadas na cama.

O cuidado que deve ser feito no momento íntimo ajuda na saúde

A fim de evitar que as pessoas fiquem enfermas com algo que é para ser apenas prazeroso, cientistas dão dicas verdadeiramente preciosas do que não dever ser feito no momento íntimo.

Publicidade

A gente decidiu ajudar também alguns casais a não passarem por momentos assim. Por isso, veja a seguir o que jamais deve ser feito após o sexo.

As coisas que ninguém deve repetir após o sexo

Recentemente, o programa 'Bem Estar', da TV Globo, exibiu na telinha a opinião de muitos especialistas sobre a relação íntima. O objetivo deles era, justamente, ajudar os telespectadores a se livrarem dos problemas no momento íntimo. Ginecologistas, urologistas e até infectologistas foram entrevistados. Eles traçaram os erros mais comuns durante o ato sexual e explicaram como dá para reverter esse jogo.

Nada de prender o xixi após a transa. Isso pode trazer infecções super sérias

Segundo os médicos, a uretra feminina é bem menor do que a do homem. Por isso as infecções nessa região, para elas, são mais comuns.

Publicidade

Isso explica a necessidade de jamais a pessoa segurar a urina após o sexo. Segurar o xixi pode ser terrível para a saúde da mulher. Ela pode ter verdadeiros problemas com infecções e doenças sexualmente transmissíveis. A uretra, quando urina, usa uma espécie de sistema autolimpante, que ajuda a eliminar boa parte das bactérias.

Nada de usar a mesma roupa por muito tempo, especialmente se estiver molhada

É comum também que as pessoas fiquem com a mesma roupa durante muito tempo após o ato sexual. Isso pode trazer verdadeiros problemas, como a candidíase. Essa é uma doença que, apesar de ser transmitida no sexo, também pode ocorrer, caso a pessoa fique com a mesma peça molhada por muito tempo. Isso pode ser terrível e causar um coceira daquelas. Ninguém quer isso, não é mesmo? Por isso, siga as dicas dos especialistas.

E você, o que achou dessa lista de curiosidades? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes à sociedade. #sexo e saude #Saúde e Sexo #o que evitar