Depois do acontecido entre Emilly e Marcos no reality show BBB 17, os relacionamentos abusivos entraram em pauta. Na época, as agressões sofridas pela participante foram tão graves que causaram a expulsão de Marcos e renderam até esclarecimento perante a Justiça. O mais triste é saber que assim como Emilly, muitas mulheres vivem em um relacionamento abusivo e não se dão conta. Mas como identificar um relacionamento abusivo?

Confira o que a mestre em Gênero, Mídia e Cultura e fundadora da Casa da Mãe Joanna, Joanna Burigo, tem a dizer sobre o assunto.

Insegurança e excesso de controle

Quando a pessoa é abusiva ela tende a ser insegura e controladora, faz o possível para dar a última palavra em uma discussão e para estar no controle da situação usando argumentos que fazem com que o outro saia como errado e eles sejam os donos da razão, costumam ofender sem remorso e não permitem diálogos.

Publicidade
Publicidade

Ciúme excessivo e possessividade

Na visão de Joanna, o ciúme em excesso e a possessividade são coisas que passam batido e, muitas vezes, não são levados em conta. A mestre ressalta que nem sempre quando há ciúmes indica que o parceiro é abusivo, mas a mesma explica que isso se torna um problema quando esse sentimento faz com que o outro se sinta isolado a ponto de se sentir propriedade do seu parceiro.

Acusações e manipulações

Acusar e manipular é algo muito comum em um relacionamento abusivo. A pessoa que tem esse tipo de comportamento, no geral, questiona frequentemente sobre flerte e traição de maneira acusatória, tem como hábito tachar o outro como descontrolado ou estúpido, além de manipular as situações fazendo com que o parceiro saia como o culpado de qualquer reclamação ou indagação.

Publicidade

Mudança de humor e falta de comprometimento

Outro indício de relacionamento abusivo é a mudança de humor que vai de neutro a agressivo em questão de minutos, seguido por pedido de desculpas em prantos, promessas e acordos não cumpridos com frequência, também são coisas que devem ser observadas alerta Joanna.

Comportamento desrespeitoso

Um ponto importante ressaltado pela mestre em gênero é a questão do respeito. Observe se seu companheiro costuma ser agressivo e desrespeitoso com a mãe, amigas ou até mesmo quando fala de alguma mulher famosa. Lembre-se que você também é mulher e se ele faz isso com outras mulheres provavelmente fará com você da mesma forma. Joanna afirma que este é um forte indício de que você entrara em um relacionamento abusivo.

As ex são sempre as vilãs

É praticamente impossível uma pessoa ter tido relacionamentos somente com pessoas emocionalmente e psicologicamente instáveis. Se em todas as conversas sobre relacionamentos anteriores as ex são as erradas da história, comece a desconfiar que o pivô de todos os términos pode ter sido seu companheiro e não as outras garotas, busque também saber o que de fato aconteceu e como eram as relações anteriores. #RelacionamentoAbusivo #HomemeMulher #relaçoesamorosas