A #infidelidade é um assunto sempre delicado e difícil de falar sobre, suas motivações são diversas e vão desde a carência à vingança. Ao contrário do que a sociedade acredita, tanto os homens quanto as mulheres tendem a trair quando estão insatisfeitos com o relacionamento.

Descobrir uma traição pode ser algo traumático e difícil de superar, mas,apesar de todo sofrimento que isso pode causar, esse fato também pode ser uma oportunidade para mudanças, uma grande chance para reavaliar velhos hábitos e focar mais em você. Para te ajudar nessa fase tão difícil, confira dicas que irão facilitar esse recomeço.

Converse sobre o ocorrido

Pode parecer uma péssima ideia, mas conversar sobre a traição fará com que você entenda os motivos do outro ter sido infiel e isso te ajudará a lidar com a situação, pode parecer impossível controlar todos os sentimentos ruins que ser traído pode trazer, mas para te ajudar a manter o autocontrole, a psicóloga Mary Scabora orienta a primeiro estabelecer um diálogo interno para repensar a relação e em um segundo momento conversar com o parceiro e ouvir o que ele tem a dizer, a consultora de desenvolvimento humano Eliana Barbosa ainda sugere que a conversa pode ser através de mensagem e e-mail, caso seja mais fácil para você.

Publicidade
Publicidade

Se dê um tempo

Uma traição nem sempre indica que o amor ou a parceria acabaram, mas decidir se vale a pena continuar e superar isso juntos ou se terminar o relacionamento é a melhor saída é uma decisão difícil de ser tomada, segundo a psicóloga Carmen Cerqueira Cesar a pessoa, vítima de uma traição, precisa de um tempo para assimilar a situação, entender o que aconteceu e aí se decidir se irá ou não manter a união.

Sinta

Sinta tudo o que tiver para ser sentido, respeite suas emoções, porém isso não quer dizer que deva praticar a autopiedade, pois isso não resolverá o problema e nem se sinta culpada pelo que aconteceu, afinal, a escolha de trair não partiu de você. Eliana argumenta que ficar comentando sobre o sofrimento é algo que só irá te deixar pior, ainda mais caso tenha filhos e opte pela separação.

Publicidade

Nesse caso, o contato com o ex é inevitável e o primeiro passo para seguir adiante é não guardar ressentimentos. Como a convivência será inevitável por terem filhos, Carmem orienta a marcarem os encontros em lugares neutros, manter a calma e, para que isso não prejudique as crianças, é importante que tanto seu ex quanto você trabalhe na questão emocional.

Cuide-se

É normal e totalmente compreensível que uma mulher [VIDEO], após uma traição, se sinta pouco desejada e baixe sua autoestima, mas Mary afirma que, nessa situação, o melhor a se fazer é elevar o ego, renovar o guarda-roupa, mudar o visual, cuidar de qualquer aspecto físico que a incomode, sair com as amigas e desenvolver o amor próprio.

Se reaproxime de seus amigos

Rir ainda será o melhor remédio, ainda mais se for em boa companhia, entre amigos também há uma grande troca afetiva, escutar histórias, contar piadas e falar sobre diferentes assuntos são uma boa pedida e quem sabe até mesmo possa interessar por alguém, porém, Carmem alerta que é preciso tomar cuidado para não acabar usando outra pessoa como válvula de escape para superar sua frustração, Mary ainda ressalta que o aconselhável é buscar um novo relacionamento apenas se já não houver mais nenhum tipo de mágoa do anterior, assim não correrá o risco de transferir algo ruim para essa nova relação.

Publicidade

Vinga-se

Quer se vingar? Vá em frente, mas lembre-se que invistir na sua felicidade e bem-estar é a melhor vingança. Não vale a pena procurar meios para fazer a outra pessoa sofrer o que você sofreu, perdoar será a melhor opção para superar o que aconteceu, mas lembre-se que perdoar não significa esquecer e sim não guardar rancor. #superação #comosuperar