Seja para se livrar de uma dívida ou para conquistar um objetivo, é importante para a saúde financeira [VIDEO] aprender como gerenciar o dinheiro. Nem sempre reduzir os gastos é um bom caminho a seguir, por isso é bom conhecer outras alternativas.

Para fazer tudo de maneira simples, o primeiro passo é criar um orçamento. Gerenciar dinheiro consiste em saber exatamente quanto está entrando e quanto está saindo. No primeiro momento, o orçamento serve para esse propósito.

O conceito básico de orçamento

Os gastos devem ser definidos numa tabela, do maior para o menor. Pode-se escolher entre uma planilha de gastos semanais ou mensais, desde que todos os itens sejam preenchidos corretamente de maneira que seja possível mapear os gastos em geral.

Publicidade
Publicidade

A maioria das pessoas não faz ideia de como é fácil gastar mais do que ganha e entrar no vermelho.

Os custos podem ser destacados em duas categorias principais:

  • Fixos - são gastos como alimentação, energia, transporte, etc;
  • Variáveis - os gastos opcionais como academia, TV por assinatura, festas, etc.

A regra mais importante para gerenciar dinheiro [VIDEO] é não gastar mais do que o planejado, na verdade essa é a única regra.

Estabelecendo metas

No que diz respeito a finanças pessoais, as metas são de cunho importante para aqueles que desejam atingir determinados objetivos. Seja para comprar uma casa, um carro ou fazer uma viagem, o planejamento deve ser feito com antecedência e de maneira consistente ao longo do tempo.

Se alguém planeja fazer uma viagem, pode começar poupando 10% de sua renda mensal numa poupança.

Publicidade

Dentro de alguns meses será possível conseguir o valor desejado sem a necessidade de recorrer a empréstimos ou cartões de crédito.

Se alguém guardar dinheiro durante oito meses para fazer uma viagem, estará economizando muito mais dinheiro do que a pessoa que parcelou a viagem em oito vezes. Isso porque os cartões de crédito cobram juros sobre suas parcelas, até mesmo quando eles dizem “sem juros” pode ter certeza que você está pagando algum valor. Afinal, as empresas precisam de lucro.

E com isso a próxima dica é: sempre pague à vista!

Equilíbrio entre negócios e prazer

Não é nada saudável sentir que está sendo escravo do planejamento financeiro. Pode ser bom recompensar os esforços com alguns presentes. O conceito de recompensar a si mesmo é se presentear com coisas simples como uma ida ao cinema, uma camiseta e coisas do gênero. Coisas mais caras devem ser evitadas para que o orçamento não seja comprometido.

E também é importante investir no conhecimento sobre finanças. Há vários cursos gratuitos na internet que podem ajudar com dicas simples que fazem toda a diferença. Caso não seja possível, é recomendado procurar ajuda de um contador para pegar algumas dicas na hora de deduzir os impostos. #Finança #Crise econômica