Publicidade
Publicidade

É um caso incrível e quase único em todo o mundo. De acordo com o jornal Daily Mail, isso só acontece uma vez em um milhão, e foi acontecer com essa mãe, Amanda, de Birmingham, na Inglaterra. Foi em julho de 2006, que ela foi mãe de Marcia e Millie Biggs, duas #Gêmeas lindas, mas de cores diferentes. Enquanto uma tinha pele clara, olhos azuis e cabelos loiros, a outra menina cresceu com pele escura, olhos castanhos e uns cabelos encaracolados e escuros. Agora, essa mãe teve que explicar para as novas professoras das meninas, que elas eram mesmo gêmeas.

As meninas estão começando na #Escola secundária na quinta-feira, após terem completado onze anos em julho passado.

Publicidade

Amanda foi na nova escola explicar que essas meninas são mesmo irmãs e gêmeas ainda para mais. Enquanto a pequena Marcia saiu mais à mãe, que também é loira, de olhos claros, Millie saiu a seu pai Michael, de 50 anos, que é de origem jamaicana. O casal falou sobre como eles são repetidamente parados na rua, quando as pessoas ficam olhando perplexas para essas meninas adoráveis.

Desde a escola primária que Amanda sabe que os professores ficam surpreendidos por as meninas serem gêmeas, e nem queriam acreditar que elas estavam relacionadas. "Mesmo quando elas estavam na escola primária, as pessoas ficavam confusas", contou essa mãe, revelando que os outros pais a paravam para perguntarem se as meninas eram suas filhas.

Publicidade

Assim que ela dizia que eram gêmeas, elas ficavam "atordoadas".

Isso aconteceu muito quando Amanda ia pegar as meninas na escola, e ela diz que por vezes se irrita por as pessoas acharem isso tão estranho e estarem sempre perguntando. "É um pouco irritante, mas depois eu me lembro de como elas são lindas e a irritação desaparece.

Também os professores, no início, não acreditavam na palavra das meninas, quando elas falavam que eram irmãs gêmeas. Por isso, ela achou por bem ir na escola explicar ela mesma que é verdade, e que Millie e Marcia são gêmeas.

"Eu dediquei minha vida para cuidar delas, e tenho visto elas crescerem juntas. Elas estão muito empolgadas em se mudar para a escola secundária, porque gostam muito de aprender", contou a mãe, muito orgulhosa de suas meninas, que considera "extrovertidas e maravilhosas". Amanda explicou na nova escola que apesar de suas diferenças, suas filhas são gêmeas, e ela espera que isso ajude a superar qualquer constrangimento.

Amanda acredita que também nessa escola, as pessoas acabem ficando maravilhadas com suas filhas não por causa da sua cor de pele, mas por suas personalidades e suas diferenças.

Veja algumas fotos de Millie e Marcia:

#Pelé