Dor na relação sexual, corrimento, coceira e cheiro ruim na vagina, são sinais de que algo vai mal. A #Mulher é atacada por algumas doenças ginecológicas e a #vaginose pode ser uma delas. A bactéria fica alojada na região deixando a mulher incomodada e pode até deixá-la um tanto constrangida com o parceiro por conta do cheiro desagradável.

São diversas as bactérias alojadas na flora vaginal. Vivem ali naturalmente em grande quantidade, mas todas em perfeita harmonia. O problema é quando acontece um desequilíbrio dessas bactérias, é aí que acontecem as inflamações com sintomas desconfortáveis e até as infecções, consideradas mais sérias.

Publicidade
Publicidade

A vaginose bacteriana é uma infecção que se dá pelo crescimento desordenado de uma bactéria chamada Gardnerella vaginalis.

Quais os sintomas da vaginose?

Dor no ato sexual, bolhas de tamanho pequeno e corrimento leitoso de cor cinza são alguns dos sintomas da infecção. O sintoma que mais identifica a doença é o mau cheiro que sai da vagina. "O cheiro forte, parecido com cheio de peixe podre na vagina é o sintoma mais característico", explica a ginecologista obstetra Heloisa Brudniewski, em entrevista ao site Vix.

O mais constrangedor é o cheiro ruim que sai da vagina conforme a penetração no ato sexual [VIDEO]. O que deixa a mulher envergonhada, evitando o sexo com o parceiro. Essa secreção acaba aumentando após cada relação sexual. De acordo com a ginecologista e obstetra Flávia Fairbanks, muitas mulheres chegam a evitar estar em público por acharem que todos sentem o mesmo cheiro ruim que ela.

Publicidade

O que causa essa infecção?

A alteração do pH vaginal é que causa essa desordem das bactérias fazendo com que tenham predominância umas sobre as outras. Má alimentação, higiene em demasia ou falta da mesma, alguns antibióticos para infecção urinária ou sinusite, também são colaboradores para essa desarmonia entre as bactérias.

Como tratar?

De acordo com Heloisa, como algumas mulheres não sentem nada, nem se dão conta que estão com a infecção. Deste modo, o pH da vagina se reequilibra normalmente e ela fica boa. Por isso, é necessário visitar um ginecologista regularmente para exame de Papanicolau e, em caso de alguma doença, estar tratando devidamente.

Quando descoberta a infecção, é necessário buscar tratamento para que a flora bacteriana seja restaurada. Alimentos com probióticos, no caso leites e iogurtes são os mais indicados, explica Flávia.

Vaginose é uma infecção que precisa ser corretamente tratada, por isso é necessário ter o acompanhamento de um médico ginecologista.

Essa infecção é grave?

A vaginose, mesmo sendo uma infecção simples, deve ser tratada. Doenças mais graves quando não tratadas podem causar séria inflamação na pélvis. Com isso, pode prejudicar o órgão reprodutor feminino, causar fortes dores na pélvis e até impossibilitar a mulher de engravidar.

Então, previna-se! Faça uma visita ao seu ginecologista. #Saúde