Apesar de estar localizado ao extremo norte do hemisfério e de ser considerado um dos lugares mais isolados do mundo, este estado americano é fonte de uma natureza selvagem e de belas paisagens que enchem os olhos dos turistas. O Alasca [VIDEO] é também conhecido como "a última fronteira" e apesar de não estar ligado diretamente ao território dos Estados Unidos, faz parte dos 50 estados da federação norte-americana, sendo considerado o maior em extensão territorial.

Por conta do seu isolamento, é o estado com o menor número de habitantes e sua densidade demográfica é de 0,42 moradores por quilômetro quadrado. Sua enorme cadeia de montanhas formam as paisagens perfeitas para os amantes da fotografia e já foi cenário de filmes de sucesso, como o longa metragem "Na Natureza Selvagem".

Publicidade
Publicidade

Listamos abaixo, algumas curiosidades sobre o #Alasca:

1 - Um grande negócio

Para quem não sabe, o Alasca foi primeiramente colonizado pelos russos, que em 1784 dominaram a região depois de uma expedição liderada por Grigory Shelekov. Anteriormente, há milhares de anos, a região era povoada pelos povos inuits e aleutas, mais conhecidos como povo esquimó. Entre os anos 1853 e 1856, a guerra da Crimeia enfraqueceu a economia russa e o então secretário de estado dos Estados Unidos, William H. Seward, propôs ao império da Rússia a compra do território do Alasca. Muitos cidadãos criticaram o secretário alegando que isso era um desperdício de dinheiro, mas mesmo assim o negócio foi efetuado e o Alasca foi comprado por 7,2 milhões de dólares. Anos depois, muitas riquezas naturais foram descobertas e a aquisição do território se tornou um grande negócio.

Publicidade

2 - Quem mora no Alasca ganha dinheiro do governo

Na década de 70, uma grande reserva de petróleo foi descoberta no território do Alasca e a sua exploração fez do estado uma potência econômica que gera um PIB (Produto Interno Bruto) de aproximadamente US$ 40 bilhões anuais, mesmo com uma população de pouco mais de 1 milhão de habitantes. Portanto, todos os anos, o governo dos #EUA 'presenteia' cada um dos moradores com uma quantia de US$ 2 mil. Esse dinheiro vem dos lucros com a extração do petróleo da região.

3 - A Grande Família do Alasca

Em maio de 2014, uma nova série de TV, produzida pela Discovery Channel, apresentou para o mundo uma família de moradores do Alasca que sobrevivem há anos vivendo em lugares isolados do estado. Com o nome de "Alaskan Bush People" (no Brasil foi traduzido como A Grande Família do Alasca), a série mostra a saga de Billy e Ami Brown junto com seus sete filhos, que buscam a todo custo manter um estilo de vida bastante incomum: viver em lugares isolados da civilização, sobrevivendo dos recursos disponíveis na natureza.

Publicidade

O reality show é um dos grandes sucessos de audiência e já conquistou fãs em muitos lugares do mundo, inclusive no Brasil, onde os episódios são exibidos pela filial brasileira da Discovery Channel.

4 - A terra dos esquimós

A região do Alasca foi povoada há milhares de anos por povos indígenas vindos da Ásia mais conhecidos como esquimós. Os esquimós mantinham um estilo de vida primitivo, sobrevivendo da pesca, da caça e da retirada da gordura de animais como baleias, ursos e focas. Devido ao frio extremo, os esquimós se vestiam com peles de animais para se aquecer, além de construírem as famosas casas feitas de blocos de gelo, chamadas "iglu". Atualmente, aproximadamente 150 mil pessoas vivem na faixa litorânea que cobre o Alasca, Sibéria, o norte do Canadá e a Gronelândia, dentre elas dezenas de etnias descendentes dos esquimós.

5- Localização estratégica

O Alasca sempre foi considerado um ponto estratégico muito importante na geografia militar. Quando ainda era controlado pela Rússia, havia um grande receio de que a Inglaterra (que já controlava a vizinha Canadá) invadisse o local para expandir seu império. Na Guerra Fria, com a tensão entre os EUA e a URSS, o Alasca se tornou um posto militar de valiosa importância. Atualmente, o Alasca está entre as regiões que podem ser atingidas por mísseis vindos da Rússia ou Coreia do Norte [VIDEO].

#viagens