Apesar do nome, essa síndrome nada tem a ver com o órgão sexual masculino [VIDEO], mas “pica” é o nome de uma espécie de pássaro que come tudo o que vê pela frente. Então é daí quem vem o nome da síndrome, também conhecida como #alotriofagia, ou #picacismo, que faz os pacientes terem o desejo de comer coisas que não tem nenhum valor nutritivo, e isso pode ser extremamente prejudicial à saúde deles. A lista abaixo contém dados repugnantes relacionados a essa condição psicológica.

1 – Frequência

Claro que esse é um fator interessante, mas as “crises” só podem ser clinicamente confirmadas se o paciente tiver impulsos de comer coisas como esmalte, pelo menos uma vez por mês.

Publicidade
Publicidade

Algo que qualquer pessoa sentiria asco de fazer, ou melhor, de comer, eles sentem desejo quando portadores de alotriofagia.

2 – Causa

Como vários tipos de distúrbios, pode ter causas variadas. Se alguém sente o impulso de comer uma esponja de lavar louça, essa pessoa pode estar com problemas na esfera biológica ou psicológica. Todos os pacientes devem ser consultados por um especialista, indispensável nesse tipo de situação, e somente ele poderá dizer o que deve ser feito, não tente uma solução “caseira”, pois pode piorar a situação.

3 – Cabelo

Talvez a vertente mais famosa das citadas, pois em reportagens costumam explorar os casos de mulheres que estão parcialmente carecas pois estão comendo os próprios cabelos. Algumas só comem a raiz, e isso é um caso clássico de #síndrome de pica. Existem pessoas que se recusam a fazer uma refeição depois de verem um fio de cabelo, por exemplo, mesmo que o fio seja retirado.

Publicidade

Em todas as cozinhas de qualquer restaurante o uso das toucas é obrigatório, portanto, imaginar uma pessoa que deseja comer cabelos pode ser inimaginável para aqueles mais sensíveis.

4 – Acufagia

Está relacionada ao fato de pessoas acharem uma garrafa de vidro quebrada um excelente desjejum. Mas nesse caso, não causa apenas nojo e asco, mas também uma séria preocupação. Afinal, na maioria dos casos de “crises”, as pessoas precisam de uma cirurgia, pois podem obstruir ou perfurar órgãos internos e não existe maneira de esperar cacos de vidro serem transportados pelos intestinos grosso e delgado, pois as perfurações podem causar hemorragia e até a morte.

5 – Coprofagia

Apesar de comum em várias espécies de animais, como o famoso besouro escaravelho, o ato de comer fezes pode ser considerado o mais estranho e nojento da lista. Costuma ser confundido com o ato de comer terra, que aliás também é característico, mas a coprofagia é bem específico. Pode causar diversos males à saúde de quem possui a síndrome, muitas vezes sendo necessário fazer lavagem estomacal em pacientes após as crises. Comer fezes também pode causar várias doenças, que irão se somar ao quadro clínico nem um pouco agradável que essas pessoas costumam vivenciar.

Lembre-se de que se conhecer alguém assim ou presenciar algo do gênero, entre em contato com um médico o mais rápido possível.