As bebidas de funções energéticas são cada vez mais vendidas e consumidas ao redor do mundo. Vendidas de forma livre e sem nenhum método de controle pelos estabelecimentos, os energéticos conhecidos por proporcionar mais disposição, concentração e ânimo podem trazer uma série de malefícios à saúde.

Um caso que aconteceu nos Estados Unidos [VIDEO] vem chamando a atenção de pessoas ao redor do mundo e fazendo com que muitos reflitam e até mesmo parem de consumir bebidas de fins energéticos em demasia

Jovem americano perde parte da cabeça após consumir energéticos em excesso

O jovem Austin, de 28 anos, por pouco não faleceu devido ao alto índice de substâncias energéticas em seu organismo.

Publicidade
Publicidade

Ingerindo litros de energético diariamente, o americano perdeu parte expressiva de sua cabeça e segue agora realizando diversos tratamentos por conta das altas doses de cafeína ingeridas com fins energéticos.

Esposa de jovem que perdeu parte frontal da cabeça relata drama nas redes sociais

Por meio das redes sociais, a esposa de Austin, Brianna, relatou o drama enfrentado pelo companheiro que em breve será pai de seu segundo filho. A triste e comovente história relatava em seu perfil do Facebook, vem correndo o mundo e comovendo milhões de pessoas.

Segundo Brianna, Austin precisou aumentar suas horas de trabalho para obter uma renda maior e assim cobrir as despesas da família que em breve irá aumentar com a chegada do segundo filho do casal. Dobrando e às vezes até mesmo triplicando sua carga horária no trabalho, para dar conta de seus afazeres e se manter sempre atento durante os expedientes, Austin começou a ingerir uma grande quantidade de bebidas energéticas.

Publicidade

Consumindo diariamente até 2 litros de energético, ele acabou sofrendo uma intensa hemorragia cerebral, derivada dos altos índices de açúcar e cafeína concentrados em seu sangue..

Relatando detalhadamente o drama que enfrentam desde o diagnóstico de Austin, a jovem revelou que recebeu da sogra a notícia de que o marido havia sofrido um acidente e se encontrava em estado grave em um hospital fora da cidade em que moravam.

Mesmo gestante e com o primeiro filho do casal ainda no colo, Brianna disse que viajou por duas horas para ficar perto do esposo e que quando chegou lá e tomou ciência do que havia acontecido, ela não resistiu e foi às lágrimas.

Se deparando com o pai de seus filhos sedado e imóvel em cima de uma cama, com parte do crânio cortado e com uma aparência bastante diferente da que horas antes ela tinha visto, Brianna precisou ser forte para levar a gravidez [VIDEO] adiante.

Chegada do filho e desfecho da história

Passando meses internado e sem poder realizar nenhum tipo de movimento brusco, Austin não pôde acompanhar o nascimento do filho como gostaria.

Publicidade

Liberado pelos médicos para pegar seu filho nos braços somente após dois meses do nascimento do mesmo, Austin luta agora para levar uma vida normal, sem excessos e dentro de suas limitações.

Brianna agora é responsável por obter a renda da família, [VIDEO]enquanto Austin, que perdeu parte dos movimentos das pernas, é o responsável por cuidar dos filhos. #anabolizantes #homem perde parte da cabeça #tomar bomba