Publicidade
Publicidade

A relação entre #pais e filhos é amplamente estudada pela psicologia, especialmente entre pai e filha. Especialistas apontam a importância da presença do pai na vida de sua filha ligando isso à vida moderna. Sabemos que a ausência do pai é bastante comum, seja por causa da vida atribulada ou por causa de casamentos desfeitos. Muitos acabam se afastando de seus filhos.

Há uma ideia formada entre a relação entre pai e filha de que as meninas são mais ligadas ao pai do que a mãe. Freud explica que os filhos se identificam com a pessoa do sexo oposto mais próxima. Outros fatores que os aproximam é o instinto paterno de proteger a filha mulher e a descoberta gostos e preferências.

Publicidade

Quando um pai consegue passar mais tempo com sua filha, a tendência é ela passar a valorizar coisas que ele gosta, torcer pelo mesmo time, por exemplo.

Uma artista ucraniana vê essa relação como algo realmente mágico e se inspirou nesse sentimento [VIDEO] para fazer ilustrações que mostram o carinho e o afeto em uma relação do pai com sua filha. Snezhana Soosh, a artista, conta que sempre quis ter uma relação próxima com seu pai, mas que ele não sabia como mostrar seu amor e que a maior parte do tempo era distante e frio.

"Estive observando outros pais com suas filhas e o quanto eles amavam cada momento terno que tinham juntos. Eu acho que desenhei o que eu sentia falta e queria muito, me sentir amada e protegida pelo meu papai", disse a artista em entrevista ao The Huffington Post.

Veja algumas das lindas ilustrações da artista baseadas em como ela desejou que tivesse sido sua relação com seu pai:

A sensação de estra protegida sempre, pelo "superpai", a ideia que toda menina tem de seu pai:

O pai, mesmo muito atarefado, deixa o trabalho de lado para tomar um chá com sua menina:

O pai que tem tempo para montar um teatro de bonecos:

Há tempo para o xadrez (e olhe que xadrez exige muito tempo):

Os momentos juntos são tão preciosos deixar o pai ir é bastante difícil:

O pai não liga se a brincadeira é de bambolê:

Pai que é pai sabe ajudar na preparação para o balé (ou para qualquer outra atividade):

Não tem como ficar indiferente à delicadeza dessas ilustrações de Snezhana Soosh e às mensagens que elas passam.

Publicidade

Desnecessário lembrar sobre a importância dos relacionamentos em tempos em que as tecnologias prendem em um mundo os pais quantos os filhos. É hora de cultivar os sentimentos e, principalmente, de saber como demonstrá-los. #Comportamento