Publicidade
Publicidade

Conversar sobre o tema que aborda relações íntimas ainda gera um grande tabu. Muitas meninas ficam constrangidas em procurar informações confiáveis pelo motivo de alguns pais evitarem conversar sobre esse assunto. Por essa razão, elas acabam indo procurar informações na internet. Porém essa prática não é indicada, pois na internet existem muitas informações falsas. Apesar da prática de relações íntimas proporcionar várias coisas boas para a saúde, é fundamental tomar algumas precauções para que não corra o risco de engravidar ou ficar exposta às doenças sexualmente transmissíveis. Há algumas informações que todas virgens precisam saber antes da #Primeira vez.

Publicidade

Confira:

Toda garota sangra na primeira vez

Isso é um grande mito disseminados pelas pessoas. Não é só porque sua amiga sangrou na primeira vez que você vai sangrar também. Pode acontecer de sangrar na primeira ou na segunda. Algumas mulheres costumam sangrar depois de várias relações. O simples fato da mulher sangrar ou não, não quer dizer que ela seja virgem. O sangramento ocorre justamente quando a o hímen se rompe.

Não tem como engravidar na primeira vez

Muitas garotas acreditam que não é possível engravidar na primeira relação íntima, mas é possível sim. A mulher pode correr o risco de engravidar na primeira, na terceira ou até mesmo na vigésima relação. As jovens precisam saber que não existe nenhum segredo. Praticar relações íntimas sem usar preservativos ou anticoncepcionais pode fazer com que a mulher engravide.

Publicidade

Se você ainda não está preparada para a chegada de uma criança, é de uma suprema importância que você coloque os métodos contraceptivos em prática. O certo é que a mulher procure um ginecologista de confiança para que ele possa indicar qual é o melhor método de prevenção para o seu organismo. Se sua amiga usa um tipo de anticoncepcional, não significa que você tenha que usar o mesmo.

Doenças sexualmente transmissíveis

As garotas precisam colocar na cabeça que, mesmo que seja a primeira relação íntima, se não tomar as devidas precauções, estará sujeita a se contaminar com doenças. Existem vários tipos de doenças que podem ser transmitidas durante as relações íntimas. Os especialistas recomendam para que as pessoas sempre usem preservativos. Vale lembrar que o HIV também pode ser transmitido durante a intimidade a dois. Outra coisa que as pessoas precisam ficar de olho é as seringas usadas por outra pessoa, pois elas também podem passar doenças. #mulheres