Publicidade
Publicidade

O sexo com certeza é um dos momentos mais íntimos e importantes na vida dos casais. Praticado desde a antiguidade, a relação sexual é um elo de ligação entre diversas pessoas. Proporcionando sensações de prazer indescritíveis, o ato sexual pode trazer também diversos problemas para aqueles que o praticam e logo após o coito, procedem de forma errada.

Recentemente o programa matutino ‘Bem Estar’ produzido e exibido diariamente pela Rede Globo [VIDEO], abordou o tema ‘higiene íntima’ e contou com a ajuda de diversos especialistas na área da saúde da mulher para dar dicas de como cuidar melhor e de forma correta da região íntima, principalmente após manterem relações sexuais com seus parceiros.

Publicidade

Diversos erros podem substituir suas horas de prazer por momentos de horror

Visando esclarecer dúvidas e instruir os telespectadores sobre a forma correta de proceder e fazer a higiene íntima após o ato sexual, os especialistas deixaram 3 dicas extremamente importantes e que devem ser praticadas a fim de evitar graves problemas de saúde..

1) Não prenda a urina após o ato sexual

Não urinar e principalmente prender a urina após manter relações sexuais pode causar consequências terríveis para saúde da mulher.

A uretra feminina é consideravelmente menor e mais estreita do que a do homem, sendo assim, a necessidade de esvaziar a bexiga na maioria das vezes é bem mais intensa, assim como outro aspecto importante que se deve levar em consideração é que ao urinar, a mulher realiza automaticamente uma espécie de limpeza em seu órgão genital, eliminando assim fungos e bactérias que poderiam causar doenças futuras.

Publicidade

2) Não fique com a mesma roupa íntima por muito tempo

Um erro bastante comum entre diversos casais é permanecer em com as mesmas roupas que iniciaram o ato sexual. A utilização de roupas úmidas na região genital é um dos principais fatores responsáveis pela candidíase, doença causada pelo fungo candida, responsável por gerar coceiras e irritações por todo o corpo.

3) Utilização excessiva de sabonetes e protudos na região íntima

Atualmente diversos produtos considerados indicados para a região íntima podem ser encontrados a venda. Prometendo aos consumidores uma melhor limpeza, eles podem se tornar verdadeiros vilões. De acordo com os especialistas, a melhor forma de limpar a região íntima tanto do homem como a da mulher é com água corrente sempre em temperatura ambiente. Evitar a utilização de sabonetes na região íntima pode ajudar a prevenir coceiras e irritações. #não faça isso após o sexo #o que não fazer depois da relação sexual #erros cometidos após o sexo