Publicidade
Publicidade

Você pode até nunca ter pensado nisso, porém, neste exato momento, há muitas vidas perambulando no seu rosto. Estamos nos referindo aos #microrganismos que todos os dias nascem e morrem nas raízes e nos poros dos pelos que temos no rosto. [VIDEO]

Quando muitas pessoas descobrem isso, acabam tendo uma ligeira vontade de correr ao banheiro para lavar o rosto, porém, isso não é necessário. Esses microrganismos são inofensivos e de modo algum representam qualquer tipo de ameaça.

Esses microrganismos são na verdade ácaros e se dividem em duas espécies: o #Demodex brevis e o #Demodex folliculorum. Ambos participantes do filo dos artrópodes.

Publicidade

Devido a isso, eles ganharam uma estrutura semelhante a dos insetos e caranguejos, porém, tem como mais próximos os carrapatos e aranhas.

Os Demodex possuem oito patas bem pequenas, que ficam localizadas na região mais próxima ao couro cabeludo. Ele é bem parecido com uma minhoca, porém com o tamanho bastante reduzido.

Os Folliculorum abitam em nossos poros e folículos, onde acabam se instalando em glândulas sebáceas. O corpo humano acaba possuindo o maior número de poros na região do rosto, o que torna a área mais afetada do que qualquer outra parte do copo.

Os pesquisadores afirmam que desde o ano de 1842 existe a presença desses ácaros no rosto humano, porém, apenas no ano de 2004, cientistas descobriram finalmente a existência desses microscópicos em todas as faces humanas.

De acordo com a pesquisa realizada pela bióloga Megan Thoemmens, da Universidade da Carolina do Norte, foram encontrados DNA de ácaros no rosto de todos os voluntários no estudo, porém, apenas 14% dentre eles, foi possível enxergar completamente a presença dos ácaros.

Publicidade

A pesquisadora ainda afirmou que qualificar cada ácaro presente no rosto é uma tarefa impossível, porém, é notório que existam centenas deles por toda a face.

Ela ainda concluiu algo bem surpreendente, dizendo que somente nos cílios, poderia ser encontrado cerca de dois mil ácaros. Não existe um resultado que possa afirmar como eles se alimentam, nem ao menos quais benefícios, além de abrigo, eles possam ter. [VIDEO]

Uma equipe de biólogos tem estudado para descobrir qual a forma que os ácaros se reproduzem. Os biólogos ficaram impressionados com a forma em que esses microrganismos colocam os seus ovos em torno dos poros do rosto. O tamanho é realmente surpreendente, pois cada ovo é o equivalente a metade do corpo da mãe.