Publicidade
Publicidade

É um cenário que muitas pessoas vão reconhecer. Quando o dia de trabalho está quase terminando e aparece alguém, ou um telefonema, para atrasar tudo. Na maioria das vezes, as pessoas já estão pensando em chegar em casa e ficam desapontadas. Pois foi mesmo isso que aconteceu a um #Fotógrafo de Melbourne, que ficou frustrado e irritado, quando uma mãe solteira entrou em sua loja, quando faltavam dez minutos para ele fechar. Ao seu lado, ela levava sua filhinha. [VIDEO]

O homem anônimo compartilhou sua história sobre o que aconteceu com ele, no dia que mudou toda sua vida. Esse homem fazia vários trabalhos diferentes e muito animados, com edições de imagem que fazem as delícias de seus clientes.

Publicidade

O fotógrafo relembrou como ficou irritado, quando viu essa mulher entrar na sua loja. Ele nem ia dar atenção para ela, porque já era muito tarde, até que olhou para a criança, que tinha seis ou sete anos, e ficou sem palavras. A menina estava agarrada às pernas da mãe e ele viu: "Sob o casaco e o chapéu espessos de inverno, ela era esquelética, com grandes círculos escuros sob seus olhos. Não tinha cabelo e um tubo gravado em sua bochecha que alimentava pelo nariz. Percebi imediatamente que esta garotinha estava muito, muito doente".

Foi aí que essa mãe ganhou toda a sua atenção e falou: "Eu sei que você está encerrando em breve, mas tenho um favor especial para pedir. Minha #Filha viu uma das suas fotos gravadas na parede do hospital [VIDEO]. Ela realmente ama os unicórnios e a foto tinha uma menina fotografada em um cavalo.

Publicidade

E eu sei que você só trabalha por reserva, e demora meses para conseguir um agendamento, mas eu não sei se...". Nesse momento, essa mãe já não foi capaz de continuar seu pedido, e começou chorando. Também o fotógrafo admitiu que precisou de fazer muita força, para não começar chorando com ela.

Antes que ela recomeçasse a falar, ele a interrompeu, dizendo: "Isso é apenas para clientes normais. Estive esperando o dia todo para tirar uma foto de alguém tão bonito quanto você! Qual o seu nome, querida?". Depois disso e de ver os sorrisos de mãe e filha, ele trancou a porta da loja e passou três horas tirando fotos dessa garotinha, com todas as roupas de princesinha que tinha no seu escritório. No final, el só pensava que aquela era "a criança mais doce e bem comportada" com quem ele havia trabalhado.

Assim que terminaram com as fotos, a menina se deitou no sofá e adormeceu imediatamente, com cansaço evidente. Enquanto isso, o fotógrafo e a mãe do menino foram descarregar as fotos, para que a mãe pudesse escolher suas favoritas e pedir por alguns retoques.

Publicidade

No final, a mulher queria pagar, mas se recusou a aceitar, apesar de ela insistir em contrário. Poucos dias depois, ele enviou um email à mãe com o link com as fotos, e pode ver que foram baixadas, mas não recebeu nenhuma outra palavra dela. Apesar de não ter resposta, ele só esperava que sua doce amiga tivesse visto e amado suas fotos.

Seis meses se passaram, até que em uma noite, ele recebeu uma visita muito especial. Do outro lado da janela, viu um rosto muito familiar sorrindo e acenando freneticamente. "Oi, oi! Estou melhor, olha, estou muito melhor", disse a visitante. E ele viu que sim, viu que sua pequena amiga tinha um pouco mais de peso, estava rosadinha, e já tinha um bom cabelo sobre sua cabeça. Um pouco atrás, estava sua mãe, também sorrindo. Queria entregar para ele um envelope cheio de dinheiro, em agradecimento pelo que ele fez com sua filha. Mas, novamente, ele se recusou.

Frustrada pela insistência do fotógrafo, ela disse exasperada: "Pelo menos, vamos levá-lo a jantar". O fotógrafo aceitou e tudo mudou. "Sete anos depois, essa foto de uma menininha doente a cavalo em um unicórnio rosa gigante está em uma moldura na minha sala de estar. Minha enteada agora range toda vez que eu a mostro para os amigos que ela traz cá em casa!".

O homem acabou se casando com a mãe da menina, e sua "doce amiga" se tornou em sua amada enteada. #Maternidade