Publicidade
Publicidade

Esta história seria mais uma triste história com final mais triste ainda, mas não era o dia de #Noela Rukundo morrer e o que aconteceu com ela surpreende até o mais incrédulo. Ela praticamente renasceu após ser vítima de um golpe preparado por seu próprio marido, Balenga Kalala. Noela nasceu num pequeno país chamado Burundi, mas atualmente vive na Austrália.

Ela regressou ao seu país natal para prestar a última homenagem à sua madrasta. Hospedada em um hotel, ela recebe uma ligação do marido que pede a ela que saia do quarto e vá tomar um ar nas redondezas. Era uma armadilha preparada por seu marido, mas ela diz não ter suspeitado de nada.

Publicidade

aliás, pelo contrário, ela achou que o marido estava se preocupando com ela. [VIDEO]

'Pode matar'

Ao sair do hotel, um homem a abordou e a raptou em um carro com outros comparsas. Com a cabeça coberta, a mulher fazia perguntas ao sequestrador, sem resposta. 40 minutos depois um deles questionou a mulher por que o homem que encomendou o crime queria tanto matá-la. Por fim, ela ficou sabendo que a encomenda de seu assassinato tinha sido feita por Balenga Kalala.

Ela gritou e disse que era mentira. Então tomou uma coronhada da cabeça e desmaiou. Ela acordou minutos depois ouvindo a conversa dos bandidos com alguém do outro lado da linha. Pela voz era mesmo seu marido.

E em seu último comando ele diz apenas: 'Pode matar!". A mulher entrou em choque ao ouvir onde seria deixada já como um cadáver e desmaiou novamente.

Publicidade

Matador com princípios

O matador disse que seu marido já tinha pago pelo assassinato, mas que eles não o fariam, pois tinham princípios. Eles não matavam mulheres nem crianças. Ainda entregou algumas provas de que seu marido havia os contratado para a sua morte. Além disto, alertou a mulher que voltar para a Austrália poderia ser muito perigoso. Mas Noela não quis saber, planejou uma volta 'triunfante para Melbourne.

Luto e motivo do crime

O marido chegou a receber as condolências e até dinheiro para ajudar em sua caminhada. Entretanto. ele acabou se deparando com Noela viva, em frente a sua casa.

Ele chegou a pedir perdão, mas Noela entregou a história e provas à polícia que o prendeu imediatamente. Segundo ele. o motivo da encomenda mortal era ciúmes. ele dizia que achava que Noela o trocaria. Na Justiça ele alegou estar possuído pelo demônio, mas não foi suficiente. Ele foi condenado a nove anos de prisão.

Noela diz que sonha a todo momento com a frase que marcou sua vida: 'Pode Matar!'. Ela ainda sabe que a vida do ex-marido depois da cadeia será muito difícil, mas ela se manteve firme na acusação.

Não perca também: Vídeo revoltante: mãe flagra com câmera oculta a pior cena entre babá e seu bebê e Modelo que fez colar com lábios vaginais dá dicas de beleza e usa sêmen no rosto [VIDEO]. #histórias reais #mulher vai ao próprio velório