Publicidade
Publicidade

O Brasil possui uma facilidade muito grande quando se trata de produzir grandes ídolos. Seja no esporte, na #Música ou na dramaturgia. Muitas das vezes, o talento já é mais que o suficiente para alguém ser idolatrado. Em outros casos, o discurso e a postura da pessoa perante os inúmeros problemas que os brasileiros costumam passar em seu cotidiano podem reforçar ainda mais essa condição.

No entanto, muitos desses ídolos que tivemos nos últimos anos perderam suas vidas muito cedo deixando toda uma carreira para trás. Alguns sofreram com terríveis doenças, já outros foram vítimas de acidentes fatais.

Veja abaixo cinco ídolos brasileiros que acabaram morrendo cedo demais.

Publicidade

1 - Elis Regina (1945 - 1982)

Vista por muitos como a melhor cantora brasileira de todos os tempos, Elis Regina eternizou clássicos de nossa música com sua linda voz. A cantora interpretou canções de Tom Jobim, Chico Buarque, Belchior, entre outros compositores do nosso mais alto nível.

Infelizmente Elis foi encontrada morta, aos 36 anos, em decorrência de uma overdose de drogas, agravada por uma grande ingestão de bebida alcoólica.

2 - Cazuza (1958 - 1990)

Um dos grandes ídolos do #rock nacional, Cazuza começou sua trajetória na música na banda Barão Vermelho. Se tornou um dos grandes poetas da geração dos anos 80, que lutava pelo fim da ditadura militar instaurada no país.

O cantor foi diagnosticado com o vírus HIV em uma época onde pouco se conhecia sobre a doença e o tratamento que se dispunha na época era ineficaz.

Publicidade

Cazuza faleceu em 7 de julho de 1990, aos 32 anos de idade.

3 - Cássia Eller (1962 - 2001)

Outra grande cantora conseguiu inúmeros fãs pelo Brasil devido a sua voz super potente e sua postura no palco. Cássia Eller foi o grande ícone da música no início dos anos 2000 mas pouco pode aproveitar esse status. A cantora faleceu em dezembro de 2001 vítima de um infarto do miocárdio.

4 - Ayrton Senna (1960 - 1994)

O piloto foi o ídolo supremo do esporte brasileiro em uma época que o futebol não dava muitas alegrias.

No entanto, não era só em território brasileiro que Senna era idolatrado. Em todos os países que o piloto colocava os pés ele era ovacionado pelos fãs.

Um terrível acidente tirou a vida de Senna em 1994, justamente em uma corrida de fórmula 1. O piloto tinha 34 anos.

5 - Renato Russo (1960 - 1996)

Outro grande ídolo do rock, Renato Russo era o líder da Legião Urbana e o porta voz de toda uma geração. O cantor, assim como Cazuza, também foi um dos grandes poetas da nossa música além de ter uma potente voz que emocionava todos aqueles que a ouviam.

Publicidade

Outro fato em comum que Renato Russo teve com Cazuza foi a descoberta do vírus da Aids no final dos anos 80. Após passar por uma depressão, o cantor entregou os pontos para a doença em 11 de outubro de 1996. Ele tinha apenas 36 anos.

Se você gostou deste artigo, confira também 6 famosos brasileiros que perderam muito dinheiro e estão falidos [VIDEO]

E para boas gargalhadas, confira as 9 imagens que comprovam que você tem a mente poluída [VIDEO] #Famosos