Publicidade
Publicidade

Muitas pessoas nem imaginam, mas manter relações íntimas com frequência proporcionam inúmeros benefícios para a saúde. Estudiosos chegaram a essa conclusão depois de diversos estudos. Logo abaixo você poderá conferir quais são os benefícios dessa prática.

Fortalecimento do sistema imunológico

De acordo com um estudo realizado pela Universidade Wilkes, na Pensilvânia, Estados Unidos, quem mantém relações íntimas de uma a duas vezes por semana, acabam aumentando o nível de proteínas e anticorpos no organismo. O que ajuda no fortalecimento do sistema imunológico. Com o sistema imune mais forte, as pessoas ficam menos propensa a desenvolver qualquer tipo de doença infecciosa.

Publicidade

Saúde cardiovascular

O hábito de manter relações íntimas contribuirá para o aumento da frequência cardíaca. Essa frequência cardíaca costuma atingir o pico durante o orgasmo. De acordo com uma pesquisa publicada pelo Instituto de Pesquisa New England, em Massachusetts, chegou a conclusão de que homens que têm em média 50 anos e mantêm relações íntimas com frequência correm um risco 45% inferior de problemas cardíacos do que aqueles que não mantém relações frequentemente.

Diminuição da pressão sanguínea

Muitas pessoas nem imaginam, mas mulheres que tenham entre 57 a 85 anos de vida, mas mantêm relações íntimas de forma ativa são menos propensas a ter pressão alta. A afirmação é conclusão de um estudo realizado nos Estados Unidos pela Universidade Estadual do Michigan. Vale lembrar que a hipertensão é um grande fator de risco para derrame e infarto.

Publicidade

Analgésico natural

Um estudo feito na Alemanha, pela Universidade de Munster concluiu que as pessoas que tem uma vida sexual ativa relataram uma redução de 60% na dor de cabeça depois de ter uma relação íntima. De acordo com o estudo isso acontece devido a liberação da endorfina. A endorfina é conhecida como o hormônio do bem-estar. Esse hormônio é liberado durante a relação e está associado ao alívio da dor.

Sono reparador

A noite de amor com seu parceiro é responsável por liberar um grande coquetel de substâncias químicas no cérebro, incluindo prolactina e ocitocina. Quando esses hormônios são combinados eles proporcionaram uma grande sensação de relaxamento. Essa sensação fará com que o indivíduo consiga dormir melhor e dessa forma poderá usufruir de um sono reparador.

Reduz o estresse

De acordo com os pesquisadores da Universidade de Paisley, na Escócia, as relações podem liberar a ocitocina que é uma substância que tem um efeito calmante no corpo da pessoa. Eles concluíram que pessoas que têm uma vida sexualmente ativa apresentam níveis menores de estresse.

Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante para a nossa equipe e sempre ajuda no diálogo. #Saúde e Sexo #Tendências #Bem Estar