A Universidade de Brigham Young, nos Estados Unidos, realizou uma pesquisa com 145 pessoas com o objetivo de descobrir, através da reação dos participantes, a melhor forma de terminar um #Relacionamento amoroso. De acordo com os resultados colhidos pelos pesquisadores, a maneira mais adequada de terminar um #Namoro ou #Casamento não é tentando fazer longas justificativas ou passando muito tempo conversando com o parceiro ou parceira sobre os motivos que levaram a pessoa a tomar tal decisão. Segundo os resultados, a melhor maneira de terminar é simplesmente com a pessoa sendo direta, ou seja, contando que não deseja mais seguir em frente com a relação [VIDEO], de forma franca.

Publicidade
Publicidade

“Levamos a pessoa a escolher a melhor forma [VIDEO] com que receberia a notícia ruim”, disse Alan Manning, um dos pesquisadores e líder do grupo que realizou a pesquisa, em entrevista ao Daily Mail. Ele contou que as pessoas não responderam bem ao fato de receber tal notícia de forma longa, mas sim, de uma vez só, sem prolongamentos. No entanto, segundo a pesquisa, é importante que a parte interessada no término ‘prepare o terreno’ [VIDEO], ou seja, diga que precisa conversar, para que dessa forma a situação possa ser suavizada.

A conversa deve ser franca

A maior parte dos entrevistadores contaram aos pesquisadores que é melhor receber uma má notícia de forma franca e direta. De acordo com os participantes, quanto mais a pessoa demora a dizer o que realmente tem para falar, mais o sofrimento de quem está ouvindo pode aumentar.

Publicidade

“Quando a sua casa está em chamas, você só quer ser avisado e sair de lá o quanto antes”, diz Manning. O pesquisador ainda lembrou uma situação que também pode ser associada à pesquisa em questão, que é a notícia de algum familiar a respeito de um câncer. O cientista diz que, da mesma forma de um término amoroso, as pessoas também recebem ‘melhor’ notícias de doenças como essa, de forma direta e clara.

Tentar amenizar a situação provoca mais dores

De acordo com o resultado da pesquisa, amenizar um ‘eu quero terminar’ nem sempre consegue trazer uma resposta interessante. Para Alan, isso significa que as pessoas, é claro, vão sentir tristeza e pesar com o momento do fim, no entanto, caso recebam essa informação sem muita ‘tortura’, elas poderão sair da situação de dor com mais facilidade e rapidez.

No entanto, lembra o pesquisador, é necessário que as pessoas entendam que o terreno precisa ser preparado: “Tudo que você precisa é de um reconfortante ‘nós precisamos conversar’”, aponta o pesquisador. Segundo a pesquisa, dar algum tempo para a outra pessoa também é importante.