Publicidade
Publicidade

Ir ao salão de #Beleza, cuidar das unhas e cabelo são coisas comuns no dia a dia das mulheres. Não se configura apenas como uma questão de vaidade, mas também de autoestima. Toda mulher gosta de se sentir bem e passar boa impressão. O fato é, poucas dessas mulheres sabem, mas alguns desses procedimentos de beleza podem, muitas vezes, ocasionar problemas maiores e não esperados: lesões, cicatrizes e até levar à morte, dependendo das circunstâncias. Confira agora uma pequena lista com esses procedimentos mais comuns e descubra os riscos envolvidos em cada um deles:

1. Manicure e pedicure

Um fato que aconteceu em 2005 e vale a pena ser relembrado foi o caso de Kimberly Kay Jackson, que foi ao salão de beleza.

Publicidade

Lá foi atrás dos serviços oferecidos por a pedicure, como normalmente fazia, mas algo inesperado e triste aconteceu. Kimberly teve seu calcanhar cortado por uma lixa, a partir desse pequeno corte foi gerado uma ferida. Apesar de Kay Jackson tomar antibióticos para resolver o impasse, esses não faziam efeito. A lesão não curava. A cidadã americana, infelizmente, morreu sete meses depois de contrair a infecção naquele salão de beleza. É necessário sempre se certificar com sua manicure sobre a esterilização correta e recomendada dos equipamentos utilizados nós pés e nas unhas, pois quando não mani [VIDEO]pulado de forma correta, clientes podem sofrer consequências.

2. Alisamento do cabelo

O alisamento é um procedimento muito comum entre as mulheres brasileiras, mas nem sempre seguro para a saúde.

Publicidade

O alisamento é feito com produtos químicos. Esses produtos contêm níveis elevados de formaldeído, uma substância potencialmente cancerígena. É comum em produtos desse gênero a existência de 8% a 10% de formaldeído na sua composição comercializada, tornando-o, por vezes, prejudicial.

3. Bronzeamento artificial

Apesar das pesquisas não aconselharem esse tipo de procedimento por o risco de desenvolvimento de câncer de pele, as pessoas continuam se submetendo. Uma verificação realizada em 2009 de vinte estudos concluiu que o risco de que o câncer de pele aumenta em 75% quando indivíduos começam a utilizar câmaras de bronzeamento antes mesmo dos trinta anos de idade.

4. Aplicação de botox

Embora o botox seja considerado seguro quando usado de forma correta, há divergências sobre possíveis prejuízos a saúde. Em alguns países a substância utilizada para realização do botox é classificada como altamente perigosa. O botox pode se espalhar por o corpo em alguns casos, que é algo grave. Felizmente, a chance disso acontecer é quase inexistente, apesar de alguns países pensarem o contrário. Para todo caso é sempre bom ficar atenta. #A Dona