Publicidade
Publicidade

Se você nasceu nos anos 90 provavelmente se lembra de um dos filmes mais reprisados da TV, ‘#A Lagoa Azul’. Até parece que a ‘Sessão da Tarde’ tinha alguma ligação ou amava demais o clássico, praticamente toda a semana era possível ligar a TV e se deparar com o #Filme passando novamente.

Na verdade, ‘A #lagoa azul’ guarda alguns segredos que não foram descobertos apenas com suas reprises; confira alguns deles.

1 – Uma nova espécie foi descoberta

Após ser lançado, um herpetologista chamado John Gibbons estava vendo o filme quando se deparou com uma nova espécie de iguana selvagem. Rapidamente, ele viajou até o local onde foram gravadas as cenas e catalogou sua nova descoberta, provando que o filme, além de entreter, também ajudou a biologia.

Publicidade

2 – Topless

Tentando não deixar os telespectadores impressionados, em todas as cenas que a atriz aparecia fazendo topless eles usavam alguns truques criativos para esconder seu corpo. Para esconder seus seios, por exemplo, a produção simplesmente arrumou uma peruca com cabelos muito compridos.

Dessa forma, as longas madeixas, além de implementarem o visual de Brooke Shields, também escondiam partes de seu corpo do público.

3 – O ator principal simplesmente desapareceu após o filme

Christopher Atkin até tentou continuar sua carreira em frente às telinhas. O galã era o desejo de qualquer mulher da época, porém entrou para a lista de atores que ficaram conhecidos por apenas um papel. Para terem uma ideia, somente com o que ganhou no filme e por causa de seu sucesso, Christopher conseguiu viver tranquilamente e vive até os dias de hoje.

Publicidade

4 – A atriz Brooke Shields conseguiu o papel por sorte

Apesar de toda beleza e talento, a atriz Brooke Shields entrou para o elenco por sorte. Lori Loughlin foi a primeira selecionada pela produção para ser a protagonista principal, porém, uma escolha feita por sua mãe mudou completamente seu destino.

Ao tomar conhecimento de que a filha iria protagonizar cenas onde aparecia nua, ela simplesmente não permitiu que Lori participasse mais do filme. Com isso, a produção acabou encontrando Brooke Shields para o papel.

5 – O foco do filme foi outro

A verdadeira temática do filme na verdade era mostrar a cultura do povo polinésio. Porém, devido ao jogo de câmeras e foco principal nos personagens o filme mudou completamente sua temática. No final, parecia que ‘A Lagoa Azul’, na verdade, contava a história de dois jovens que foram deixados em uma ilha paradisíaca.