A morte é uma das únicas certezas da vida, talvez por isso muitas pessoas tenham medo de #morrer. É impossível não pensar na morte uma vez que ela faz parte de sua própria existência, durante todos os dias seres vivos estão morrendo, as plantas, os animais e também os seres humanos.

Uma das dúvidas da humanidade é o que acontece após a morte. Para quem acredita na Bíblia, está bem claro que essa vida não passa de uma espécie de ‘teste’, que prepara seu espírito para uma nova vida cheia de alegrias e sem dor. Porém, mesmo com todas essas informações é inevitável pensar na morte e em quando iremos morrer.

Dizem que a morte é rápida e indolor, porém, nos tempos mais antigos esse entendimento era totalmente diferente.

Publicidade
Publicidade

Existiam vários rituais bizarros que buscavam aumentar a dor e alongar a vida por alguns minutos, tudo isso enquanto a vítima sofria dores terríveis.

1 - Escafismo

Mithridates, um antigo soldado que foi condenado a morrer por esse método. Nele a pessoa era colocada em um local e forçada a comer uma mistura de leite e mel, essa estranha composição também era derramada sobre seu rosto e cabeça. Por causa da mistura doce e cheiro forte, insetos e outros animais acabam sendo atraídos e entravam no corpo do vitima que era comido até a morte do interior para o exterior.

2 – Execução pelo elefante

Outro tipo de execução bem #Bizarro. Na era de Mughalm, o povo indiano usava enormes elefantes para esmagar as pessoas até a morte.

Publicidade

A vítima também poderia ser amarrada ao animal e arrastada até a morte. Em alguns casos a coisa piorava totalmente, já que os elefantes eram equipados com ferramentas cortantes capazes de estraçalhar uma pessoa.

3 – Comido por animais

Pode parecer menos doloroso, mas com certeza não é! A pessoa era suspensa sobre arvores e morriam de fome antes de serem devoradas por animais sedentos por carne.

4 – Envenenado por gás

Esse método ainda é utilizado em detentos que estão no corredor da morte. Nele a pessoa inala lentamente um gás letal tendo vômitos, espasmos e até mesmo convulsões até a morte.

5 – Águia de sangue

Essa era uma forma Viking de morrer onde o corpo da vítima ficava com a coluna vertebral exposta, tendo suas costelas rasgadas e puxadas para fora, formando assim o formato de uma asa. Eles também derramavam sal no corpo da vítima como parte do ritual, simplesmente macabro.

Todos esses métodos eram apenas alguns das dezenas de maneiras usadas para matar uma pessoa. #Formas bizarras de morrer