Publicidade
Publicidade

A vida pode ser realmente muito surpreendente para algumas pessoas. Na economia e no ambiente empresarial não é diferente. [VIDEO]Nomes que não tinham nada, de repente, passam a ter um ganho extraordinário. Foi isso o que ocorreu com Jan Koum. Ele nasceu na cidade de Kiev, na Ucrânia, mas na adolescência, aos 16 anos, virou um simples morador da Califórnia, nos Estados Unidos. Antes de Jan ser o criador do WhatsApp e um dos homens mais ricos do planeta, ele passou necessidades e fez de um tudo, foi até faxineiro. [VIDEO]

Saiba mais da história do homem que criou aplicativo mais popular no Brasil

Para não passar fome, ele entrou em um programa dos Estados Unidos que libera vales-refeição para os necessitados.

Publicidade

Tudo mudou em sua vida e hoje ele tem muitas conquistas. A história do criador do aplicativo mais popular no Brasil e também em algumas partes do mundo foi contada nesta quinta-feira (16), pela BBC. Após passar por muitas dificuldades, Koum viu sua vida mudar quando, após muitos estudos, formou-se em engenharia. Mais tarde, ele acabou indo parar no Yahoo, como um dos principais nomes.

WhatsApp é usado para diversas funções em todo o país

O seu papel na empresa foi tão importante que ele criou o #WhatsApp. O aplicativo, mais tarde, seria comprado pelo Facebook. No Brasil, por exemplo, o "Zap Zap", como também é conhecido, não apenas serve para a função de bate-papo, mas especialmente para negócios. Muitas empresas fazem vendas com a ajuda do aplicativo, como as microempresas de fast food e afins.

Publicidade

Mas a história de sucesso de Koum começou antes mesmo dele passar para uma boa faculdade. O seu grande interesse em tecnologia facilitou o seu encontro com um mundo de oportunidades.

Muito além do WhatsApp: o negócio explicado pelo criador

No início dos anos 1990, não existiam as atuais regras de segurança tecnológica e legislação que protegem empresas e pessoas. "A internet era muito insegura nessa época", disse o homem que viraria uma espécie de lenda da web. Com amigos, ele chegou a fazer um site que foi acusado de violar direitos autorais, mas o empresário nega que tenha feito qualquer ação criminosa. Na dúvida, ele se recusa a falar sobre os feitos do passado, mas hoje o WhatsApp vale cerca de 20 bilhões de dólares.

Por ser o criador do aplicativo, o empresário tem sua parte milionária importante e também investe em outras empresas. Sem dúvidas, um exemplo que espanta muita gente em todo o planta.

Deixe o seu comentário. #Famosos