Publicidade
Publicidade

Mais do que um terço dos #casais está passando por uma quebra em sua intimidade, e pela mesma razão. Quando as coisas estão evoluindo bem em um relacionamento [VIDEO], o mais natural é darem o próximo passo e viverem juntos. Porém, uma nova pesquisa revela que é precisamente isso que mata a vida íntima de um casal.

De acordo com um #estudo publicado pelo Daily Star, mais de um terço (37%) dos casais realmente têm menos relações íntimas quando estão compartilhando o mesmo teto.

Viver junto também tem vantagens

O estudo foi realizado pela Space Station, e nem tudo é ruim. Ele revelou ainda que 13% dos casais até aumentaram sua intimidade, precisamente por estarem vivendo juntos e terem uma maior proximidade e uma maior facilidade para se entregarem mais ao amor.

Publicidade

Mais de um quarto dos casais (28%) também disseram que estão dormindo melhor, apesar de estarem compartilhando a cama com outra pessoa. Porém, saberem que estão dormindo com a pessoa que amam estaria melhorando seu sono (para esses 28%).

É diferente para homens e mulheres

Naturalmente, o viver junto tem um impacto diferente em homens e mulheres. O estudo provou que 39% dos homens comem de forma mais saudável quando estão vivendo em casal, mas o mesmo não pode ser dito para as mulheres, porque mais de um quarto (27%) abandonam suas dietas e se alimentam de forma menos saudável.

Luta pelo espaço ou falta dele

O espaço ou a falta dele também pode ser um importante ponto de colapso para os casais quando estão vivendo juntos. Nesse caso, o guarda-roupa é o campo de batalha principal, com as mulheres admitindo precisar de mais de dois terços desta área da casa (65%), algo com o qual os homens não estão muito felizes.

Publicidade

Isso também se estende para outras áreas da casa e talvez não seja surpreendente causar algumas brigas. Onze por cento dos casais [VIDEO] admitem argumentar sobre a falta de espaço em casa, com mais de metade dos homens (54%) acreditando que seu parceiro ocupa mais espaço em comparação com um quinto das mulheres (22%).

Vlatka Lake, gerente de marketing da Space Station, disse: "Viver com um parceiro é um momento emocionante em um #Relacionamento, mas pode ser um teste à relação, até que a pessoa tenha solucionado todas as regras básicas. Um pouco de compromisso de ambos os parceiros sempre ajuda. É importante estabelecer limites quando se trata de espaço na casa e trabalhar áreas para armazenar pertences dos dois".

Ainda sobre o espaço, Vlatka assume que organizar uma casa que fica do agrado do casal é uma tarefa complicada, em que os dois parceiros devem saber ceder em alguns momentos. "Se a pessoa tem muitas coisas, é uma boa desculpa para reciclar ou doar coisas que não precise", explicou.