Publicidade
Publicidade

Apesar de prazeroso, fazer sexo pode ser bem mais perigoso do que se imagina. Tudo vai depender da posição [VIDEO]sexual adotada. Os cientistas responsáveis por determinar isso são brasileiros, da cidade de Campinas, no interior do estado de São Paulo. A pesquisa deles revelou que a posição onde o homem fica deitado com a mulher sentada em cima pode ser muito perigosa, e é possível literalmente “quebrar” o pênis.

Segundo o estudo desenvolvido por eles, 50% de todas as #fraturas penianas são causadas por essa #posição sexual. Os brasileiros responsáveis pela pesquisa publicaram esse trabalho no jornal “Advances in Urology” (Avanços em Urologia, em tradução livre).

Publicidade

E, de acordo com o jornal “The Independent”, uma pesquisa que durou ao todo 13 anos fez uma descoberta sobre os riscos. De um total de 44 fraturas penianas em um hospital, 42 foram consequência dessa posição sexual.

Para entender como isso acontece, segundo os estudos [VIDEO], o problema nessa posição é o próprio peso da mulher, que tende a controlar o pênis do parceiro durante o ato. É possível que a mulher não perceba um caso de fratura quando acontece, e isso pode agravar a situação. A pesquisa concluiu que a posição mais segura seria a conhecida como “papai e mamãe”, onde o homem fica em cima da mulher e, devido a isso, detém o controle caso algo saia errado durante o ato, e assim pode interromper.

A fratura peniana em si é classificada como uma lesão que ocorre quando se dá o rompimento da estrutura peniana que envolve os corpos cavernosos do órgão sexual masculino.

Publicidade

De maneira geral é considerada incomum, e o trauma se dá somente se o pênis estiver ereto. O homem pode perceber a fratura se sentir uma espécie de “estalo” em seu pênis durante a relação sexual, que é seguida de perda de ereção.

Além disso é formado um hematoma na pele, e o caso de fratura peniana constitui uma emergência médica na grande maioria das vezes, e em muitos casos é necessário fazer uma cirurgia como forma de tratamento. Para evitar complicações no futuro, é extremamente recomendável buscar ajuda médica o mais rápido possível, pois caso contrário poderá haver complicações.

A curvatura aguda do pênis quando há uma pressão do pênis contra a região mais rígida da mulher, como a virilha e pode ocorrer inchaço imediatamente e o local pode ficar arroxeado.

Uma dessas complicações é a própria disfunção erétil, antigamente conhecida como “impotência sexual”, além disso também tem como consequências quadros de dor durante o ato sexual e o pênis poderá ficar com uma curvatura permanente. Logo, é necessário ser examinado o quanto antes.

Fazer sexo é, sem dúvida, uma das atividades favoritas das pessoas, mas como ficou claro, pode ser perigoso, tanto para casos de lesão, como casos de doenças sexualmente transmissíveis, então é necessário ter muito cuidado com tudo o que diz respeito a sexo e posições sexuais mais “ousadas”.