Publicidade
Publicidade

O ator Renato Aragão é um dos grandes nomes da televisão brasileira [VIDEO], mas agora está em maus lençóis por conta de sua "filha". Isso porque o humorista já perdeu a segunda instância do processo movido na justiça por Fernanda Brasil. Ela ficou conhecida em todo o país em 1984 por ter feito o filme ‘’A Filha dos Trapalhões’’.

Fernanda até hoje é chamada de ‘’filha do Didi’’, mas apesar da expressão, ela não tem a menor dó do homem que foi seu pai no longa. De acordo com o jornalista Léo Dias, Fernanda quer uma indenização milionária e o processo dela contra a Globo e Didi [VIDEO] já está há anos na Justiça.

Renato Aragão perde processo contra 'filha', que quer indenização milionária

O filme ‘’A Filha dos Trapalhões’’ é considerado um dos maiores clássicos do cinema nacional.

Publicidade

Fernanda ficou marcada pela obra. Na época, ela era um criança e hoje já está com 37 anos de idade.

O processo começou porque a mulher, que vivia a protagonista do filme, descobriu que a obra seria relançada, mas não teve um centavo sequer ganho. Mesmo tendo se passado mais de 30 anos entre o filme e o processo, Fernanda se sentiu prejudicada.

O processo se iniciou em 2014 e, por enquanto, a atriz recebeu da justiça R$ 20 mil como danos morais, mas #Renato Aragão, famoso por comandar o ’’Criança Esperança’’, e a TV Globo podem pagar uma quantia ainda mais exorbitante à profissional da dramaturgia.

Perito irá calcular danos morais e materiais da ‘filha do Didi’, após atriz não receber por filme

Outro processo movido por Fernanda Brasil teve início no ano de 2011 e tem como intuito receber direitos pelo filme antes do seu relançamento.

Publicidade

Nesse caso, ela pede mais de R$ 1 milhão pelos danos materiais e morais que teriam sido provocados a ela graças à obra.

Esse valor será calculado por um perito judicial, que analisará o que o filme ganhou e deixou de pagar pela profissional das artes. Renato e a Rede Globo ainda podem recorrer dessa sentença.

Fernanda Brasil, a 'filha do Didi', nega que esteja rica

Em entrevista ao colunista Léo Dias, do jornal carioca “O Dia”, a atriz comenta porque decidiu depois de tanto tempo entrar na Justiça e tentar reaver os seus direitos por conta do importante filme do cinema brasileiro.

"Decidi entrar na Justiça no dia em que um amigo me deu um DVD deste filme de presente e disse a seguinte frase: ‘Você deve estar rica, hein’. Aí, eu cheguei à conclusão de que não poderia mais ficar parada", disse ela sobre o processo, que agora segue em segredo judicial. #Famosos