Publicidade
Publicidade

Esta poderia ser a lesão íntima mais assustadora de sempre. De acordo com o Daily Star, as pessoas estão ficando cada vez mais aventureiras dentro (e fora) do quarto e por isso, estão crescendo o número de acidentes relacionados com a #intimidade e que acontecem durante as relações íntimas [VIDEO]. Porém, esse acidente que aconteceu com esse jovem de 29 anos parece o mais assustador de sempre. Um britânico teria perdido parte de sua visão depois de ter um orgasmo particularmente forte.

Felizmente, o paciente não perdeu sua visão permanentemente, mas ele acordou com sua visão prejudicada na manhã seguinte a essa noite mais fervorosa.

Publicidade

Foi um enorme susto para esse homem, quando ele acordou, após uma noite mais apaixonada, e percebeu que sua visão estava muito afetada. Ele foi no hospital, onde ainda teve que passar por essa provação de contar o que havia acontecido. Apesar de demonstrar alguma vergonha e embaraço, ele contou que havia participado de "relações íntimas vigorosas" na noite anterior. Porém, ele não sabia como isso poderia ter motivado essa perda de visão.

Após os primeiros exames, os médicos descobriram uma pequena hemorragia no olho esquerdo e era isso que estava bloqueando parte de sua visão. Eles revelaram que o homem provavelmente segurou sua respiração e esticou seus músculos abdominais durante o orgasmo, fazendo com que a pressão se acumulasse e que um vaso sanguíneo explodisse no globo ocular.

Foi essa a explicação dos médicos para esse incidente doloroso.

Publicidade

Mesmo sem se aperceber no momento, o homem teve um vaso sanguíneo destruído no momento do orgasmo.

Esse caso foi estudado e analisado por vários médicos, tentando perceber como essas coisas podem acontecer, e agora foi tornado público no British Medical Journal, se bem que a identidade do homem está sendo protegida. Foi apenas revelado que se trata de um britânico de 29 anos. Entretanto, sabe se ainda que o jovem recuperou espontaneamente sua visão.

Essa perda de visão foi então explicada por ele ter segurado ou suspendido sua respiração por alguns segundos mais, o que é aparentemente muito perigoso. Alguns homens fazem isso durante as relações íntimas, alguns para evitarem uma situação de ejaculação precoce, enquanto outros controlam sua respiração para intensificarem mais o orgasmo, tendo maior prazer.

No entanto, os médicos estão sugerindo outras formas para os homens [VIDEO] prolongarem o orgasmo, para que seja mais forte e dure mais tempo, e isso inclui até alguns exercícios, como o kegel. De acordo com o Daily Star, até já está cientificamente provado que os homens podem até conseguir múltiplos orgasmos. #relação íntima #Estudo Científico