Publicidade
Publicidade

A algumas décadas atrás, a televisão brasileira transmitiu um clássico da literatura. A televisão aberta do país deu vida ao Sítio do Picapau Amarelo, que se tornou um fenômeno de audiência [VIDEO], e marcou a infância de várias gerações. Em uma época onde a televisão brasileira era muito conservadora, e os adultos ainda tinham a visão de que a criança era um adulto em forma apequenada [VIDEO], podendo ser privada de #Diversão, a TV Tupi, no ano de 1951, apresentou a primeira versão da atração folclórica, e foi voltada especialmente para as crianças.

O autor e idealizador do Sítio do Picapau Amarelo foi o escritor brasileiro Monteiro Lobato.

Publicidade

O escritor foi uma figura icônica na cultura brasileira, e apesar de ter vários fãs, que são adeptos de suas obras, até os dias de hoje, foi muito polêmico também, inclusive o Sítio do Picapau é uma obra que é cercada de polêmicas e discussões.

Monteiro Lobato foi um grande admirador de Walt Disney e teve forte influência de La Fontaine, Esopo, Irmãos Grimm, L. Frank Baum, Lewis Carroll e Wilhelm Busch. Em uma época onde se iniciavam os debates racistas e de gênero no Brasil, Monteiro Lobato foi criticado e se encontrou por diversas vezes no centro de polêmicas.

Curiosidades que você provavelmente não sabe sobre o Sítio do Picapau Amarelo

1- Polêmica com Tia Nastácia

Tia Nastácia tem grande importância para o seriado televisivo, e para a história do livro. Ela é retratada como ótima cozinheira e contadora de histórias.

Publicidade

Em uma ocasião, até já cozinhou até para são Jorge, na lua. Mas uma das maiores polêmicas envolvendo o seriado foi o fato do autor retratar tia Nastácia como uma pessoa negra. Os críticos apontam o fato de tia Nastácia sofrer racismo, e do autor dar a uma negra uma posição subordinada, reforçando o papel de que os negros só poderiam ter cargos e profissões de menor status social. O que mais colabora para a afirmação dos críticos, é o fato do autor não ter dado nenhum papel de destaque para um negro em sua obra.

2- Relação com a realidade e sucesso

O Visconde de Sabugosa ajudou Dona Benta a encontrar petróleo em suas terras, e o que a maioria dos fãs não sabem, é que o Visconde é um autorretrato do autor, e o mesmo era grande entusiasta da exploração de petróleo no Brasil, e para fazer um link com a vida real, Monteiro Lobato decidiu retratar o fato no seriado.

A versão exibida entre os anos 70 e 80, na Globo, fez tanto sucesso que deles surgiram brinquedos, gibis, trilha sonora em LP, álbuns de figurinha, oficiais da atração televisiva, o que só fez aumentar o sucesso do Sítio do Picapau Amarelo. #Famosos