Publicidade
Publicidade

Um dos casos que mais repercutiu no mundo criminal foi a morte da menina Isabella Nardoni. [VIDEO] A menina acabou falecendo no apartamento do pai, Alexandre Nardoni. Assim que a morte aconteceu, uma grande teoria da conspiração acabou sendo criada. O episódio já tem feito muita gente refletir a respeito da teoria sobre tudo o que aconteceu. O repórter Percival de Souza, que trabalhou muitos anos ao lado de Marcelo Rezende, falou a respeito do assunto. [VIDEO]

Ele estava cobrindo a morte da menina, quando ficou frente a frente com detalhes importantes sobre essa morte que teve repercussão nacional. Até hoje, muita gente não entende como Isabella foi jogada do sexto andar de um prédio de alto luto em São Paulo.

Publicidade

Percival, no entanto, em sua coluna no R7, deu explicações sobre como tudo aconteceu.

Percival de Souza narra detalhe que ajudou a solucionar caso Isabella Nardoni

Inicialmente, Percival conta que a polícia tratava o que aconteceu com Isabella como um grande acidente. No entanto, a reação de Alexandre começou a levantar suspeitas dos investigadores. Não demorou muito para que rumores sobre o que realmente teria acontecido ganhassem a mídia e os culpados surgissem. Percival, que tinha uma neta da idade de Isabella quando tudo aconteceu, deu detalhes sobre como tudo aconteceu naquele período. Um detalhe observado pelo delegado acabou fazendo com que Alexandre Nardoni virasse o principal suspeito de ter tirado a vida da herdeira.

Percival chegou no local do crime e viu o marido de Ana Carolina Jatobá mais calmo do que as pessoas que estavam ao redor.

Publicidade

Naquele instante, ele não conseguia pensar sobre o que era perder uma filha. O delegado que investigava o caso, Calizto Kalil, deu detalhes a respeito de tudo o que aconteceu. Os agentes queriam saber de quem ele desconfiava.Um detalhe cruel, no entanto, acabou mudando a cena. Percival narrou que Calizto levou Alexandre para a delegacia e que, no local, ele deu ares estranhos para quem perdeu a filha.

Frieza: Pai de Isabella Nardoni apenas queria tomar banho na noite da morte da filha

O pai de Isabella Nardoni apenas olhava para o relógio e questionava a que horas ele poderia voltar para casa. Um pai que acabara de perder a filha ter um pensamento de tomar banho surpreendeu a todos e mostrou que ele não estava tão importado com a morte. Isso fez com que a investigação não tivesse medo de apurar o casal, que jurava que aconteceu um acidente. Até hoje, Alexandre e a madrasta de Isabella seguem presos. Ela, recentemente, chegou a deixar a cadeia para ver os filhos durante um indulto de feriado. #Caso Isabella #É Manchete!