Publicidade
Publicidade

Aos 21 anos de idade, a britânica Tricia Barker estava tão deprimida em sua vida que atentou contra a própria vida [VIDEO] após ingerir um punhado de pílulas para hipertensão acompanhadas de vodca. A jovem lembra que acordou em torno de 36 horas depois em um quarto em um hospital de Londres.

Após o triste episódio a jovem resolveu continuar com sua vida e acabou virando maratonista profissional. Em sua primeira maratona, participou de uma prova de 10 quilômetros e acabou ganhando um resultado satisfatório na competição.

Após passar por intensos treinamentos, a ex-atleta se preparava para correr a sua segunda maratona na carreira, quando sofreu um grave acidente automobilístico.

Publicidade

Ela acabou colidindo o carro que dirigia contra outro automóvel. Na época do acidente, Tricia conta que suas costas quebraram em diversos lugares e, como não tinha um plano de saúde, precisou conviver por mais de 20 horas com as intensas dores na coluna.

Após ser levada para a sala de cirurgia, finalmente Tricia foi sedada para a realização do procedimento cirúrgico. Mas durante a cirurgia a mulher começou a sofrer complicações. Como havia perdido muito sangue, a ex-atleta teve uma parada cardíaca. Naquele mesmo instante a jovem mulher percebeu que estava fora do seu corpo. Ela contou que podia ver o seu corpo deitado em cima da mesa de cirurgia enquanto os médicos [VIDEO] tentavam reanimá-la.

Na ocasião, Tricia também contou que dois anjos vieram até para tentar lhe acalmar. Ela contou que os seres divinos começaram a emitir luz para os médicos e para dentro do corpo da jovem.

Publicidade

Naquele momento, a ex-atleta começou a ter fé de que os cirurgiões conseguiriam reanimá-la. Aflita por ver a cena em que estava fora do corpo, a mulher não queria mais ver tudo isso. Ela saiu em direção ao corredor do hospital.

Foi neste instante que aconteceu algo de extraordinário, o que os pesquisadores denominam de EQM (#Experiência de Quase morte). Tricia afirmou que, durante a sua experiência, pode ver o padrasto obcecado por saúde que nunca comeu um pedaço de chocolate. Estava sentado na lanchonete do hospital devorando uma barra de chocolate. Mais tarde esta versão foi confirmada pelo próprio padrasto da vítima.

Os especialistas classificam este tipo de fenômeno como “percepção verídica”. Na maioria das vezes, as percepções verídicas são relatadas quando a pessoa fala sobre as experiências que teve fora do corpo. Alguns pesquisadores, como o Kevin Nelson, na Universidade do Kentucky (EUA), explicam que o fenômeno EQM é semelhante ao sonho da pessoa, ou quando ocorre a falta de oxigênio no cérebro.

Publicidade

Muitos pesquisadores renomados acreditam que as experiências de quase mortes estejam relacionadas aos procedimentos do cérebro. Entretanto, a médica Jan Holden afirma que as supostas teorias sobre as EQMS são consideradas como sem fundamento.

Tricia conta que, durante sua EQM, sentiu um grande remorso pelas coisas que havia feito durante a vida. Entretanto, os anjos não lhe julgaram negativamente pela tentativa de suicídio, entre outras coisas. Segundo conta, os seres divinos só queriam o melhor para ela. A mulher considerou a experiência como muito alegre e não pretendia mais retornar para o seu corpo. Entretanto, os anjos lhe disseram que ela precisava voltar e contar, pois tinha uma missão para cumprir.

Após voltar para o seu corpo, a jovem mulher sentiu como se estivesse vestindo um traje. É como se fosse que a jovem Tricia Barker fosse uma encarnação ilimitada do seu ser eterno. Após voltar de volta para a vida, após um ano de recuperação, a jovem Tricia conseguiu correr uma maratona novamente.

No fim, a jovem mulher não só simbolizou a sua recuperação após uma tentativa de suicídio como recuperou-se de uma experiência de quase morte. #Espírito #vida após a morte