Publicidade
Publicidade

Pode ser uma das grandes dúvidas de muitos casais: afinal, quanto tempo é considerado aceitável na prática de um ato íntimo no quarto? De acordo com as pesquisas, o tempo do homem comum parece que fica muito abaixo daquilo que as #mulheres desejariam. Alguns especialistas na matéria revelaram recentemente que a maioria dos homens dura 3 minutos e 45 segundos até atingir o or [VIDEO]gasmo. No entanto, uma pesquisa do jornal inglês Daily Star revelou que afinal, o número comum pode estar bem acima dessa média.

Seja como for, as mulheres precisariam [VIDEO] de 23 minutos de movimento, de acordo com o estudo do Journal of Sexual Medicine, para sentirem prazer, mas o homem comum termina seu ato muito antes disso, o que significaria que o homem médio estaria devendo quase 20 minutos.

Publicidade

Estudo de jornal fala em número acima

Porém, essa pesquisa do Daily Star prova que o homem pode, afinal, estar acima dessa média. O jornal inglês se baseou nessa pesquisa anterior para perguntar para seus leitores se eles "duravam mais do que o homem comum", ou seja, mais do que os 3 minutos e 45 segundos. 1.305 homens responderam a essa questão e 61% desse número responderam que demoravam mais que isso até terminarem sua relação.

No entanto, 39% dos homens inquiridos pelo jornal admitiram que terminavam seu ato em menos de quatro minutos. O jornal anunciou assim que seus leitores estão acima do homem médio da pesquisa anterior. No entanto, se desconhece se todos os homens responderam com a verdade, uma vez que a pesquisa se baseou somente na pergunta/ resposta dos leitores de um jornal e nada garante que eles estavam falando a verdade.

Publicidade

Exercícios de bexiga podem ajudar

De acordo com um especialista nesses temas mais íntimos, existem vários exercícios, também recomendados para quem tem problemas de bexiga, que podem ajudar o homem a resistir por mais tempo durante as relações. Supostamente, esse caso é igual a qualquer outra atividade atlética, e se a aptidão geral for reforçada, o desempenho também o será.

Scott Hays, o referido especialista, fala nos exercícios do assoalho pélvico, que são os tais que são recomendados para as mulheres com problemas de bexiga. No caso das mulheres (e também de homens, que sofram com o mesmo problema), fazem o exercício tentando segurar o xixi, para ganharem um maior controlo. Esse exercício de contração do abdômen por alguns segundos vai fazer com que se ganhe um controle e domínio sobre a bexiga e, supostamente nesse caso, os homens também conseguirão se segurar por mais tempo.

Vários médicos já sugerem que casos de ejaculação precoce há vários anos, tem precisamente a ver com esse treinamento com esses exercícios simples de contrair os músculos, como quem segura o xixi, e poderia ser milagroso em vários casos de saúde íntima.

Publicidade

"O exercício em si não poderia ser mais simples. "Contratar o músculo pélvico, o mesmo que você usaria para parar o fluxo de urina no meio do xixi. Aperte e segure por três a cinco segundos, depois relaxe", explicou Hays sobre esse exercício que leva o nome do especialista que o inventou, Kegels. #intimidade #Relacionamento