Publicidade
Publicidade

As mulheres têm ciclos menstruais e isso nem sempre é tão fácil de suportar e gerir [VIDEO]. Muitas representantes do gênero feminino, muitas vezes, têm o maior problemão para se manterem bem de saúde. O ciclo da #Menstruação, às vezes, sai da sua rotação normal, e, com isso, as mulheres, é claro, ficam preocupadas. Até mesmo quando tudo está ok é normal que as senhoras e senhoritas, quando estão de "chico", sintam dores, cãibras e até tonteiras. [VIDEO]

A menstruação pode ser ainda mais complicada na fase da adolescência. Isso porque as mulheres ainda estão conhecendo o próprio corpo e também estão iniciando a fase sexual.

Publicidade

O que pouca gente imagina é que cólicas demais, na verdade, não são um bom sinal, especialmente quando a mulher é mais nova. A dor excessiva não deve ser levada com normalidade e o ideal é que adolescente ou adulta procure o especialista do sistema reprodutor. Esse especialista é o ginecologista. Ele pode ser um grande amigo das mulheres.

É o ginecologista que pode traçar se a sua paciente tem algum tipo errado de menstruação. Mas você conhece os topos de menstruação que a mulher deve ter cuidado? Citaremos a seguir:

Menstruação ausente

A mulher não precisa estar grávida ou tendo relações sexuais para ter um atraso na menstruação. Caso isso ocorra, o ideal é que ela procure um médico o mais rápido possível. Esse tipo de problema pode ser gerado devido a uma dieta ruim ou problemas hormonais.

Publicidade

Até mesmo o estresse pode estar por trás do mal desenvolvimento das células do ciclo menstrual.

Cãibras intensas e repentinas

Além de falta de fibra, esse tipo de sintoma não deve ser desprezado. A dor intensa sacrifica a vida diária da mulher e hoje ela é polivalente, ou seja, precisa dar conta da família emprego e, muitas vezes, até dos filhos. Esse tipo de sintoma pode esconder a endometriose, que pode significar que a mulher não pode mais ter filhos.

Sangramento excessivo

Na menstruação, é claro, a mulher sangra, tanto é que existem absorventes, mas existe um limite entre o normal e o anormal. Caso a paciente do ginecologista já use algum comprimido anticoncepcional, o especialista vai analisar se não há algum desequilíbrio hormonal ou até problemas mais sérios, que vão de fibromas ao cisto no ovário.

Nunca esconda nada do médico

Não importa o sintoma. O mais importante mesmo é que a mulher não esconda nada e sempre frequente um especialista na área. Assim, ela estará com a saúde em dia e evitará problemas mais sérios.

E você, o que pensa sobre o assunto? Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes. #Médicos