Publicidade
Publicidade

Roberto Esquivel Cabrera, de 54 anos, está sendo acusado de fraude. O mexicano que andou falando que tinha o "maior órgão do mundo" [VIDEO] estaria mentindo, e um médico garante que ele não mede o tamanho que ele referiu, durante todo esse tempo. Robert ficou famoso, precisamente por sua inciativa, quando ele pretendia ser registrado no livro do Guiness, pelo tamanho de seu membro. Ele tentou ainda dar um novo rumo a sua vida, dizendo que não poderia trabalhar, pelo transtorno que um órgão de 48 centímetros lhe estava causando.

Agora, o médico radiologista Pablo Gil Muro, que examinou Cabrera, disse que o homem se recusou a tirar todas as ataduras ao redor do membro e não permitiu que o médico visse a pele.

Publicidade

O médico revelou em declarações para o jornal The Sun, que quando Cabrera foi fazer a tomografia computadorizada, sua primeira impressão foi que era um caso único. Porém, o exame provou rapidamente que ele tinha era muita pele. "O que a tomografia computadorizada mostrou foi que existe um prepúcio muito grande, mas o próprio órgão é de cerca de 16 a 18 centímetros", contou o médico, ou seja, uma dimensão bem mais comum do que o homem estava alegando.

Supostamente, Roberto foi o responsável para esse aumento de prepúcio, com a utilização de pesos, para esticar o tamanho de sua masculinidade. Os médicos já haviam sugerido uma cirurgia de redução, para ele poder levar uma vida mais normal, mas ele se recusou. Entretanto, ele foi declarado inválido e está sobrevivendo graças a uma pensão. Ele também não consegue ter nenhum #Relacionamento com uma mulher, precisamente por essa dimensão abaixo de sua cintura.

Publicidade

Enquanto vivia nos EUA, ele contou que tentou se relacionar com duas mulheres, sendo que a primeira teria fugido, assim que viu seu órgão reprodutor, e a outra teve que parar porque era muito doloroso. No entanto, o homem acabou sendo condenado por uma série de acusações de indecência, durante sua passagem pela América, incluindo uma acusação de ter se exposto a duas meninas menores de idade, uma convicção contra a qual ele apelou sem sucesso. Ele foi forçado a deixar os EUA em 2001, mas agora está pensando em regressar.

"Estou feliz com meu órgão e eu desejo voltar para os EUA e passar o resto da minha vida lá. Lá tem muitas mulheres. Uma deles será o tamanho certo para mim", contou o homem, que ainda mantém seu objetivo de se tornar atração de filmes para adultos. "Acho que poderia ganhar muito dinheiro", contou o homem.

Jonah Falcon, [VIDEO]de 47 anos, e natural de Nova Iorque, é que é o recordista, sendo famoso por ter um membro de 34 centímetros. Ele acusou Roberto Cabrera de ser uma fraude, dizendo que seu 'rival' não tem um crescimento natural, e que ele forçou esse crescimento anormal com pesos. #intimidade