Publicidade
Publicidade

Derick Boyce Slezak e Mikaela Boyce Slezak foram acusados de maltratar o filho de apenas 4 meses de vida. A polícia de Missouri, nos Estados Unidos, acusou o casal de maus tratos depois de terem colocado o filho dentro do micro-ondas. De acordo com as autoridades, o casal Derick Boyce Slezak e Mikaela Boyce Slezak, ambos de 22 anos, colocaram o recém-nascido dentro do micro-ondas e ligaram o aparelho. O caso foi registrado no final de novembro passado.

O bebê de 4 meses teve lesões na cabeça e ficou com muitas queimaduras no corpo inteiro. De acordo com o jornal local STL Today, os pais [VIDEO]relataram inicialmente que foram produtos de limpeza que causaram as queimaduras do bebê.

Publicidade

Segundo as informações, o pai da criança cometeu o crime ao tentar imitar uma propaganda que viu na televisão, mas o comercial não foi identificado. O recém-nascido foi encaminhado às pressas para o hospital de S. Louis, onde recebeu os primeiros atendimentos.

A mãe do bebê, Mikaela Boyce Slezak, prestou depoimento sozinha a uma assistente social e disse que achou que o marido estava colocando o bebê no micro-ondas e ligava o aparelho por alguns segundos. A loucura do casal fez com que eles fossem presos. O crime gerou uma fiança de US$ 500 mil, que no Brasil é equivalente a R$ 1,62 milhão. De acordo com notícias do canal Fox News, o casal já teve outra criança, uma menina, mas foi entregue para adoção logo que nasceu.

Derick Boyce Slezak e Mikaela Boyce Slezak foram acusados pelo crimes de abuso e negligência com uma criança.

Publicidade

A lesões da criança foram descobertas quando ela foi levada para a Sala de Emergência do Cardeal-Glennon para tratar uma erupção cutânea no rosto. A maior parte da ferida seria uma queimadura de segundo grau. Além disso, os exames que o hospital fez mostraram que a criança estava com uma fratura no crânio e uma lesão cerebral chamada de hematoma subdural.

Quando os pais da criança chegaram ao hospital, alegaram que as queimaduras da criança foram causadas por agentes químicos, mas isso não convenceu os médicos, que chamaram o Conselho Tutelar.

Burburinho nas redes sociais

Os internautas ficaram muito indignados com esse crime terrível. Muitas pessoas pediam para que justiça fosse feita e que os pais fossem condenados e nunca mais pudessem se aproximar da criança. Na web, as pessoas mostraram sua fúria e não pouparam palavras para condenar o casal.

E você o que pensa a respeito de tudo isso? Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é muito importante para a nossa equipe e sempre ajuda no diálogo de temas com relevância para a sociedade. #Crime contra bebê #Pais colocam bebes em microondas