Um ladrão arrependido virou notícia no Paraná. Na madrugada desta terça-feira (28), a vítima, Carolina Dalla Vecchia, estudante de 20 anos, teve o celular roubado por um meliante na cidade de Guarapuava, no coração do Paraná. Infelizmente, mais um crime comum que acontece por todo país. Entretanto,, o caso ganhou notoriedade porque o ladrão, de maneira inusitada, entrou em contato com a vítima por redes sociais para pedir desculpas e mostrar arrependimento pelo roubo.

Carolina conta que estava retornando a pé para casa junto com dois amigos, numa região próxima ao Parque do Lago. Já bem próximo de sua casa, os três jovens foram abordados pelo ladrão, que disse estar armado e pediu todos os celulares.

Publicidade
Publicidade

Ele ainda exigiu que os celulares fossem desbloqueados.

A vítima ainda relatou que outros pertences foram levados. Além de três celulares, o ladrão havia levado um boné e uma touca. Depois do roubo, ainda deu um chute em um dos rapazes, para só então fugir. Carolina não conseguiu bloquear o celular remotamente, mas, por prevenção, decidiu trocar todas as senhas de redes sociais.

Para sua surpresa, horas depois do roubo, já na manhã de terça-feira, a família de Carolina avisou que o meliante havia enviado mensagens no grupo da família no WhatsApp. No conteúdo das mensagens ele afirmava que estaria arrependido do roubo.

O ousado bandido ainda foi mais audacioso. Ele entrou em contato com a jovem pelo Facebook. Em uma das postagens de Carolina sobre o roubo do celular, o homem escreveu que estaria arrependido do ato porque achou Carolina uma "gata".

Publicidade

Carolina Dalla Vechia relatou ao site de notícias G1 que, após o #assalto, procurou a Polícia Militar (PM) de sua cidade, mas, o suspeito não foi localizado. Logo após o envio das mensagens pelo WhatsApp e Facebook, a jovem descobriu que seu celular estaria numa região próxima a Camboriú, em Santa Catarina. Como as mensagens foram enviadas depois que Carolina registrou o Boletim de Ocorrência e, na terça de #Carnaval, não houve expediente da Polícia Civil, ela só conseguirá informar a Polícia dos novos fatos na quarta-feira de cinzas (1). #ladrão arrependido