Nova Veneza: um canto da Itália no Brasil

Quando 400 famílias italianas vindas da Colônia Nuova Venezia se instalaram no sul de Santa Catarina em 1891, não sabiam que estavam fundando um dos municípios mais representativos da cultura da Itália no Brasil. A atual Nova Veneza mantém viva a italianidade na arquitetura, nas praças, monumentos com traços europeus e na gastronomia.

Com mais de treze mil habitantes, a maioria descendentes dos pioneiros, o município está a 213 quilômetros de Florianópolis e apenas 17 quilômetros de Criciúma. A economia se baseia na agricultura, agroindústria, indústria metalmecânica e têxtil, além da tendência pelo turismo gastronômico e cultural.

Publicidade
Publicidade

E a Prefeitura Municipal de Nova Veneza desenvolve ações para ampliar a atividade turística. Neste ano, um mapa turístico foi desenvolvido para facilitar e orientar os turistas sobre os principais atrativos da cidade. "Estamos com projeto aprovado também para colocarmos placas de sinalização turística visando prover os visitantes com dados relevantes", complementa o Diretor de Turismo, Daniel Borges.

O executivo fomenta a atividade participando ainda de reuniões quinzenais com as Associações dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) e participação eventos de cunho nacional e internacional. "O secretário de Cultura e Turismo Giliard Gava tratou no Rio de Janeiro durante a Jornada Mundial da Juventude sobre o turismo religioso e com objetivo de chamar a atenção para o Santuário Diocesano de Nossa Senhora do Caravaggio", explica Borges.

Publicidade

Atrativos mais visitados de Nova Veneza chegam a receber duas mil pessoas ao mês como a Gôndola. Já o Museu do Imigrante cerca de 500 visitantes em igual período.

Para Borges, veículos que prestam informações sobre o turismo são fundamentais. "É de grande importância divulgar a cidade e seus pontos turísticos nos diversos veículos de comunicação. No caso da Revista Império, é uma ferramenta completa que os municípios dispõem para destacarem sua história, gastronomia, cultura", enaltece.

Veja a seguir os principais pontos turísticos de Nova Veneza:

· Pórtico

O Pórtico de Nova Veneza foi erguido em pedra basalto, muito utilizada nas primeiras construções dos imigrantes. A presença do "Leão de São Marcos" representa a república de Veneza, Itália.

· Belezas naturais

Atrativos como cachoeiras e paisagens montanhosas fazem parte de Nova Veneza cuja parte do território faz parte da reserva biologia estadual do Aguaí.

· Casas de Pedra

Tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional e pelo Patrimônio Histórico Arquitetônico de Santa Catarina, as casas de pedra atraem muitos turistas.

Publicidade

Construída por imigrantes italianos no final do século XIX, a técnica utilizada foi de pedras e barro trazida pelos primeiros colonizadores.

· Gôndola

Embarcação típica da cidade de Veneza há apenas quatro oficiais distribuídas pelo mundo. Doada pela província de Veneza, a gôndola simboliza o elo que o município tem com o país de origem dos primeiros colonizadores. Na Praça Humberto Zappelini, no centro, os visitantes podem apreciar a embarcação que fica em um lago artificial aberto à visitação.

· Santuário Nossa Senhora do Caravaggio

Polo de turismo religioso do município, o Santuário Diocesano recebe centenas de romeiros durante todo o ano. No último domingo do mês de maio ocorre a romaria em honra à Nossa Senhora do Caravaggio. Em 2012 recebeu o prêmio Impar como a festa mais lembrada do sul de Santa Catarina.

· Roda D'Água

Construída na Praça Central de Nova Veneza para comemorar o centenário da colonização, o monumento possui em suas placas o elenco dos sobrenomes das famílias que entraram na antiga colônia Nuova Veneza e a canção Mérica Mérica, considerada o hino da imigração italiana.

· Museu do Imigrante

Inaugurado em 1991, no centenário de colonização do município, o Museu do Imigrante Cônego Amilcar Gabriel abriga objetos e utensílios que contam a história de Nova Veneza. O prédio que abriga o museu é uma das edificações mais antigas da cidade, construído na última do século XIX.

· Igreja Matriz São Marcos

O interior contempla uma rica extensão de obras de arte. Passagens bíblicas são retratadas em pinturas e esculturas sacras. Sobre a porta principal, encontra-se uma escultura em bronze do Leão de São Marcos doada pelo Governo de Veneza. O local se transformou em ponto turístico por abrigar quatro sinos que propagam sons melodiosos. De seus alto-falantes ecoam há mais de 60 anos a Voz do Leão de São Marcos, um serviço de informação comunitária. O relógio, de raro modelo no Brasil, foi trazido de Turim-Itália em 1922.

· Gastronomia típica italiana

Na Capital Catarinense da Gastronomia Típica Italiana, a comida é o prato principal para um turista visitar Nova Veneza. Salames, queijos e vinhos são algumas das delícias que a cozinha oferece. Os restaurantes servem do que há de melhor nesta cultura gastronômica, conservada através de gerações pelos descendentes italianos que vieram do século XX. Da tradição, a cidade realiza na segunda quinzena de junho, nos festejos de colonização, a Festa da Gastronomia.