O projeto é sucesso nas comunidades com a participação massiva de moradores e empresários nas cidades de Carinhanha, Malhada, Urandi, Coribe, Cocos e Feira da Mata, abrangendo principalmente as localidades rurais, como Agrovilas de Carinhanha. A COOTRASOL - Cooperativa de #Trabalho dos Catadores de Material Reciclável do São Francisco criou o projeto Sacola Verde. Esse consiste em oferecer a população sacolas para a separação do material reciclável diretamente nas residências e estabelecimentos comerciais que serão coletadas periodicamente pelos catadores e entregues na cooperativa. Essa ação está servindo para conscientizar as pessoas a separar os resíduos recicláveis, colocar em uma sacola verde e fazê-la chegar a cooperativa e catadores.

Publicidade
Publicidade

A direção da Cooperativa afirma que a escolha das sacolas verdes é uma forma de protesto em favor da coleta nas cidades, mostrando que a população está fazendo sua parte e se importando com tema, além de ser também uma forma de comunicação direta com os catadores, que saberão que naquela sacola todo material é reciclável.

"A dificuldade da coleta seletiva passa por uma dificuldade de comunicação. A população deixa de separar o material alegando que a administração não vai coletar e, muitas vezes, a administração não vai coletar alegando que a população não separa. E nessa questão, um dos principais agentes é esquecido, que é o coletor". Segundo Carlos Alberto de Oliveira, administrador e coordenador da Cooperativa, em Urandi houve um aumento de 50% na coleta de material reciclável e em Carinhanha o aumento foi de 30%, obtendo um expressivo aumento de 35% em toda região de atuação da COOTRASOL.

Publicidade

Como funciona o Projeto?

Os catadores de material reciclável distribuirão junto a população as Sacolas Verdes (sacolas de plástico, devidamente identificada pela COOTRASOL). Cada casa irá separar todo material que possa ser reciclado irão acondicioná-lo nas sacolas. O catador determinará o dia que poderá passar para buscar a sacola, quando ela estiver cheia. No ato do recolhimento, o catador substituirá a sacola cheia por uma nova para que o processo tenha continuidade.

Participe! Um pequeno ato seu se transforma em uma grande ação social e consciência ecológica.

Em julho de 2014, durante o evento Encontro das Águas e dos Amigos em Carinhanha a COOTRASOL realizou uma conscientização junto a população, empresários e turistas com o intuito, tanto de recolhimento dos recicláveis como o de preservação do Balneário Pontal. A iniciativa foi considerada um sucesso, sendo elogiada por todos que estiveram no local e a coleta expressiva, evitou que uma grande quantidade de materiais possem parar no Rio São Francisco ou nas matas da região. #Negócios