Quem tiver interesse em pleitear uma vaga na Polícia Civil do Ceará já pode fazer a inscrição para uma das 763 oportunidades. São três diferentes cargos e para todos eles é necessário ter nível superior completo. Um deles é o de delegado com 168 vagas disponíveis, sendo que nove dessas são reservados para portadores de necessidades especiais, ou seja, são 159 vagas para os demais concorrentes. A remuneração é de R$ 14.592,39. Além de ter curso superior completo em direito, o candidato precisa ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no mínimo na categoria "B".

Já para as pessoas que têm curso superior completo em outras áreas estão disponíveis dois cargos: o de inspetor e o de escrivão com remuneração de R$ 2.946,19.

Publicidade
Publicidade

São 336 vagas para o cargo de escrivão, sendo que dessas 17 são para portadores de necessidades especiais e 259 vagas disponíveis para inspetor das quais 13 são para portadores de necessidades especiais. Esses dois cargos exigem que o candidato tenha Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no mínimo na categoria "B".

Inscrições para o concurso público

Os candidatos podem se inscrever até o dia 7 de novembro de 2014, às 16h no site da Vunesp. É necessário fornecer dados pessoais como nome completo, RG, CPF, endereço, telefone e email, além de escolher o cargo pretendido. É importante que o candidato leia o edital atentamente para verificar todas as exigências feitas para poder assumir a uma dessas vagas. Depois disso, deve ser impresso um boleto com a taxa de inscrição que é de R$ 85 para as de inspetor e escrivão e R$ 150 para a função de delegado.

Publicidade

Provas para os candidatos

Na manhã do dia 18 de janeiro de 2015 está prevista a prova de múltipla escolha para todos os candidatos. Nesse mesmo dia, mas no período da tarde, as pessoas que estejam concorrendo a uma das vagas para delegado serão submetidas a uma prova discursiva. Em uma segunda fase os candidatos a inspetor e delegado serão submetidos à sindicância de vida pregressa e teste de capacidade física. Haverá também investigação social e exame psicológico para todos os cargos e os candidatos a uma vaga de escrivão terão exame de digitação. Quem passar em todas essas fases e tiver classificado dentre o número de vagas será submetido a exame médico e teste toxicológico. Depois, passarão por um curso de formação com duração de quatro meses. #Trabalho #Governo