Apostar no negócio próprio pode ser a saída para os brasileiros que desejam conquistar a independência financeira e a liberdade para conduzir suas atividades profissionais como quiserem. Entretanto, é preciso salientar que nem sempre é simples realizar este sonho e tirar, de fato, as ideias do papel. Embora o índice de mortalidade das empresas brasileiras venha caindo constantemente, muitos #Negócios ainda não sobrevivem aos dois primeiros anos de vida. Dentre os muitos motivos que colaboram para o fracasso dos empreendedores, destacam-se a falta de experiência e de planejamento, má gestão dos recursos e capital insuficiente. Analisar com cautela todos estes pontos antes de dar início à abertura da empresa pode ser uma boa ideia. Para quem está prestes a abrir a própria empresa, selecionamos algumas #Dicas essenciais. Entenda como é possível ter o seu próprio negócio, seguindo 5 passos.

1- Valorize a experiência

Para aqueles empreendedores que não possuem uma vasta experiência no nicho de mercado escolhido, é necessário valorizar experiências alheias. Invista na contratação de funcionários experientes ou, até mesmo, em consultorias especializadas no seu mercado.

2- Especialize-se!

Especializar-se e capacitar-se na sua área de atuação é desejável e fundamental. Um empreendedor capacitado e especializado conseguirá identificar e solucionar os problemas que surgirão com muito mais facilidade e "feeling".

3- Crie um plano de negócios

Abrir uma empresa sem um plano de negócios em mãos é sinônimo de fracasso num futuro próximo. É necessário definir, de forma cautelosa, a estrutura econômica e operacional da empresa: reúna informações acerca dos custos totais de investimento, capital de giro, rentabilidade e custos. O ideal é que o empreendedor tenha uma visão da saúde total de sua empresa para os primeiros 3 anos de vida.

4- Invista de forma correta

É necessário saber, exatamente, em que áreas o capital será investido. Muitos empreendedores carregam consigo dúvidas que podem resultar em problemas financeiros no presente e no futuro. Saiba que áreas como marketing, capacitação de funcionários, instalações e estruturas merecem atenção especial, principalmente nos primeiros anos de vida da empresa.

5- Separe as suas finanças das finanças da empresa

Quando se fala em negócio próprio, grande parte dos empreendedores entende como a possibilidade de ter dinheiro em mãos, todos os dias do mês. Mas não é bem assim que funciona. O empreendedor precisa definir um salário mensal fixo para si, que deve ser retirado em conjunto com os pagamentos dos funcionários. Deve-se afastar a possibilidade de retiradas financeiras esporádicas. Outra recomendação é abrir contas bancárias individuais, a fim de separar os gastos pessoais dos gastos da empresa.

Capacitação, controle financeiro e investimento assertivo são, sem sombra de dúvidas, três palavras-chave para quem quer obter sucesso profissional com o negócio próprio. Basta aplicá-las, integralmente, no dia a dia. É preciso analisar não somente o presente mas, principalmente, o futuro!