Não existe coisa mais relativa que o sucesso. Para muitos pode ser essencial e outros se incomodam em passar desapercebidos no grande salão da vaidade. Porém nem tudo é só vaidade: na maioria das vezes ter sucesso abre portas e janelas para felicidade, que lá no fundo é o que todos queremos. Não dá para passar desapercebido. Até mesmo porque o sucesso está diretamente ligado à felicidade. Para muitas pessoas a felicidade está na realização profissional e pessoal, o que leva a pessoa estar de bem consigo e com a vida. E estar de bem com a vida é tudo que mais queremos. A maioria esquece é que essa construção é lenta, porque é feita de degrau em degrau.

Publicidade
Publicidade

Não há elevador para o sucesso.

Muitas pessoas se perguntam por que o sucesso não bate à sua porta. Claro que não vai bater, ainda mais se você é daquelas pessoas que, mesmo tendo um #Trabalho e uma família feliz, idealizou o sucesso dos programas de televisão, fortunas lotéricas, best-sellers na lista dos mais vendidos... até mesmo porque isso não é sucesso, é fama. E a fama é efêmera como o orvalho. O sucesso é mais duradouro e vem com a realização de algo grande, que nos leva a compartilhar a nossa alegria e nos priva ao isolamento.

A realização no trabalho é uma das mais difíceis de se alcançar. Trabalho é algo duro, que exige suor, dedicação e muita abdicação. Ninguém consegue o sucesso se não for trabalhando duro todos os dias, planejando, criando ações para o futuro.

Publicidade

O sucesso não vem por acaso, não é passe de mágica, nem tão pouco dom que pertence somente aos iluminados. Requer traquejo, jogo de cintura e muita fé. Ao contrário da fama, que muitas vezes não passa de um golpe publicitário e nada mais.

Há também aqueles que mesmo sendo infelizes no trabalho (por fazerem o que dá dinheiro e não o que gostam) ainda assim se sentem realizados por saberem que todo o seu sacrifício é em prol da família. Estes altruístas têm mais dedicação à felicidade alheia que a sua própria; e, embora seja até contraditório, são referências não só no ambiente familiar, mas no coletivo social. São pessoas que em sua maioria desistiram ou adiaram seus sonhos, sublimando suas vontades.

No atual modelo social brasileiro, e isso não vem de hoje, a maioria das pessoas se pauta pela exceção e não pela regra. A regra para o sucesso é clara. Não admite atalhos pelo caminho. Não tem porque ser rápido. Lembre-se, mais importante que o caminho é o caminhar. Mas não é qualquer caminhar: é estar focado para não se deixar iludir pelas "facilidades" que se mostram nos atalhos.

Publicidade

E é bem aí que a coisa vira, e muitos se perdem ao deixar ou trocar o caminho pela vereda. #Negócios

O importante nessa trajetória de busca pelo sucesso é ressaltar ainda que ele está mais perto que imaginamos, e quando esquecemos da fama e nos concentramos nele como algo positivo, simples e passível de ser vivido por todos, a felicidade vem como recompensa. Mas a recompensa de uma subida pelas escadas da vida, degrau a degrau, construindo-se através do planejamento e ação. Portanto, desconfie das coisas fáceis, e construa sua felicidade de maneira que venha a compartilhar com sua equipe de trabalho para aproveitar dos resultados com sua família.