O mais novo empreendimento comercial já começa a ser erguido na capital sergipana. O Aracaju Parque Shopping, empreendido pelo Grupo Nortista, promete transformar e desenvolver a região. Sergipe tem se tornado alvo de grandes empresários que apostaram na região como um lugar propício para a expansão imobiliária, investindo na criação de hotéis, condomínios e shoppings centers. Mas nem todos os moradores parecem estar convencidos das vantagens.

O Aracaju Parque Shopping será o quarto de Sergipe e o terceiro da sua capital. A previsão é de que dentro de algum tempo, dois ou três novos projetos possam ser implantados em outras cidades.

Publicidade
Publicidade

Este novo centro de compras dará certamente um novo olhar à cidade, já que será o primeiro da zona norte. O local escolhido para empreender este novo negócio foi o Bairro Industrial. O local recebeu este nome por ali terem funcionado algumas das primeiras fábricas de tecidos no estado, a Sergipe industrial e Confiança, com origem do final do século XIX e início do século XX. Pesquisas comprovam que estas trouxeram desenvolvimento, fazendo com que operários das fábricas se mudassem com os seus familiares para o seu entorno, causando assim a necessidade de construções de moradias, escolas, praças e igrejas.

A indignação de parte da população, principalmente de alguns moradores que tiveram sua história construída dentro daquele chão, e do departamento acadêmico de história da universidade Federal de Sergipe - que até produziu um abaixo-assinado - é causada por este novo empreendimento estar sendo construído onde funcionava uma destas fábricas.

Publicidade

O governador se pronunciou na perspectiva da geração de empregos, ajudando a população e fortalecendo a economia.

O Grupo Nortista promete manter a igrejinha como sendo parte importante e de destaque em seu projeto, tendo em sua ficha técnica até uma praça da igreja. O shopping terá 3 pisos, 1400 vagas de estacionamento, 212 lojas, 5 âncoras, 1 supermercado, 4 mega lojas, 27 fasts food, 3 restaurantes, 5 salas de cinema e um parque, tudo isso em uma área construída de 700.000 metros quadrados. Teremos de aguardar para ver se de fato o novo empreendimento irá causar desenvolvimento, com aumento da economia, geração de empregos e transformações e mudanças que se tornarão positivas em seu contexto, convencendo assim a população de que poderá ser um ótimo negócio para todos. A previsão de inauguração é para Março de 2016. #Negócios