Nesta segunda-feira (8), a Receita Federal liberou as consultas ao sétimo e último lote das restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2014, como noticiamos aqui. Se você já consultou e percebeu que não está no lote, é fato de que caiu na malha fina do #Governo, seja por uma simples divergência de informações ou até mesmo uma grande omissão. Neste caso, é necessário regularizar as pendências para ter acesso à restituição, a ser liberado nos lotes residuais.

Se esta é a sua primeira vez na malha fina, veja como proceder e saiba, em detalhes, o que fazer!

1- Identificação das pendências e omissão de informações

Primeiramente, é necessário saber o que, de fato, está errado em sua declaração. Para isso, basta acessar o extrato do IR através do e-CAC, Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal, Centro Virtual de atendimento da Receita Federal. Para ter acesso aos dados, o contribuinte precisa gerar um código especial, no próprio site. Além de conferir as pendências, é possível parcelar possíveis débitos em aberto.

2- Retificação da declaração

Após descobrir as inconsistências, é preciso enviar uma declaração retificadora ao Fisco. Somente desta forma será possível sair da malha fina. Ao receber a retificação, o Fisco irá reanalisar os dados e, caso o contribuinte tenha direito à restituição, esta será incluída nos lotes residuais que ainda serão disponibilizados.

3- Agendamento de atendimento e chamado do Fisco

Já quem caiu na malha fina mas não encontrou nenhum erro ou pendência na declaração entregue, possui duas saídas: a primeira é aguardar o chamado do Fisco, para que sejam apresentados os documentos que comprovem a coerência das informações. A segunda opção é agendar o atendimento no Fisco, para confirmar as informações. O agendamento deve ser feito pelo site da Receita Federal.

Deve-se salientar que, caso a Receita Federal reafirme as pendências na declaração, o contribuinte deverá arcar com o valor do imposto devido, acrescido a uma multa de 75%, além dos juros calculados com base na taxa Selic. #Dicas