Hoje em dia o empreendedorismo é uma área que tem crescido. Quem é que não deseja deixar de trabalhar para os outros e ter sua própria empresa? Como dizem por aí, ser dono de seu próprio nariz. Mas não é tão simples assim. A primeira coisa necessária é ter um espírito empreendedor, para que possa investir em seu projeto e permanecer no mercado. Antes de tudo, é importante fazer uma pesquisa das necessidades do público alvo que pretende alcançar no local onde pretende estabelecer essa empresa. Depois, então, poderá tomar os primeiros passos para se tornar um microempresário ou um grande empresário.

Deverá ter conhecimento e experiência profissional na área em que irá atuar sua empresa.

Publicidade
Publicidade

Segundo pesquisas, de cada cinco empreendimentos que são abertos a cada ano, só dois deles permanecem no mercado brasileiro, principalmente por falta de um bom planejamento, e também devido à alta carga tributária. Há ainda uma carência enorme de pessoas qualificadas com nível superior para o treinamento desses futuros empreendedores. É necessário preparar um bom planejamento de gestão no ambiente macroeconômico, orçamentário e tributário para que tudo dê certo.

O SEBRAE tem cursos de capacitação e orientação para aqueles que pretendem abrir uma empresa em qualquer área. Essa pessoa receberá orientação com todas às técnicas, ferramentas e metodologias necessárias para o desenvolvimento de seu futuro empreendimento. O valor do investimento disponível que irá utilizar no início é muito importante; é necessário saber aplicar seus recursos com eficácia, para não começar o negócio já com dívidas.

Publicidade

Com as inovações do mercado é necessário que o investidor saiba gerenciar o seu próprio negócio ou contrate alguém capacitado na área de atuação de sua futura empresa.

O sonho de muitos, principalmente dos jovens, é ser seu próprio patrão. Para que isso aconteça, tem que observar as tendências do mercado e quais as áreas que melhor encaixam em seu perfil. Podemos observar algumas tendências em expansão como, por exemplo: serviços, beleza, alimentação, vestuário e tecnologia entre outros. Mas o empreendedorismo não é só abrir uma empresa.

Pode surgir através de projetos desenvolvidos em cidades pequenas, nas comunidades ou periferias dos grandes centros urbanos, através de programas educacionais, inclusão social, atividades esportivas, academias entre outras coisas. É importante que esses projetos possam ajudar a população, com serviços de qualidade e que atendam suas necessidades. Portanto, para abrir uma empresa é necessário ter conhecimento em administração de #Negócios, além de não perder o foco do objetivo proposto inicialmente. #Dicas