Com mais consumidores usando o seu banco em dispositivos móveis, qual o real desejo dos consumidores em mudarem-se para serviços bancários sem agência? E poderiam as instituições financeiras tradicionais criar uma única estratégia digital sem alienarem a sua base de clientes?

Os consumidores estão dependendo de seus dispositivos móveis para simplificarem suas vidas diárias mais do que nunca. Em nenhum outro setor esta tendência é mais evidente do que no setor bancário, no qual a mudança de agências físicas para mobile banking é sem precedentes.

"71% das pessoas que usam os serviços bancários móveis dizem que o sistema bancário online e móvel é suficiente para as suas necessidades." segundo pesquisas de Javelin Strategy & Research.

Com essa mudança de comportamento bancário estão vindo expectativas de uma experiência bancária transparente e da entrega de soluções de mobile banking aprimoradas pelos bancos tradicionais e cooperativas de crédito.

Publicidade
Publicidade

Definindo um banco somente em formato digital: um desafio ou uma oportunidade para os bancos existentes?

Um banco em formato somente digital foi simplesmente definido como uma instituição financeira que presta serviços bancários end-to-end através de plataformas digitais. Ao contrário de um evasivo canal, além de agência bancária, os bancos somente digitais fornecem sempre a simplicidade, acessibilidade e contextualidade que consumidores recebem de empresas não bancárias, como o Google, Amazon, Uber e muitos dos canais sociais.

O apelo de um banco digital

O apelo de um banco em formato somente digital a partir da perspectiva do consumidor é relativamente simples. Se bem feito, a simplicidade e acessibilidade dos serviços bancários móveis são exatamente o que os consumidores digitais desejam.

Publicidade

Do ponto de vista dos bancos, o apelo também é forte.

Alternativas para bancos digitais

Há quatro estruturas alternativas comuns com o desenvolvimento e implantação digital dos bancos:

1- Subsidiárias de bancos existentes: muitos bancos em formato somente digitais como filiais de bancos existentes.

2- Empresa independente com uma licença bancária: Um raro, mas crescente segmento, esses são inteiramente novos bancos, criados de forma independente para fornecerem digital de apenas serviços.

3- Start Ups atuando como um front end para um banco existente: Essas operações fornecem uma camada de serviços digitais da marca para depósitos mantidos em um banco regulamentado existente.

4- Bancos tradicionais desenvolvendo somente serviços digitais:Operadores existentes que investem em uma mudança estratégica em direção digital.

As primeiras instituições bancárias centradas em modelos somente digitais já passaram pelo teste e aprenderam a fase da #Inovação, assim, o tempo para a próxima onda de bancos digitais fazerem o seu movimento pode ser agora.

Publicidade

Bem como os reguladores, em um esforço para encorajar uma maior concorrência e a diminuição das barreiras à entrada, pode-se dizer que, para o ambicioso start up digital, não há melhor momento para atacar. #Negócios